O cativeiro, como era de se esperar, não tem feito nada bem à saúde de Clarice. A alimentação escassa e o stress acabam provocando um mal súbito na doceira, que começa a sentir fortes dores no corpo e a ter febre.

Percebendo que está com a saúde debilitada, ela pede a Pedro que pelo menos a deixe procurar um médico. Mas o cozinheiro já percebeu que Clarice é capaz de mentir e, acreditando se tratar de mais um truque da amada, recusa o pedido.

No auge do desespero, ela ainda promete não contar a ninguém sobre o seqüestro que sofreu. Além disso, garante que pode ajudá-lo a se tornar uma pessoa melhor, com menos ódio no coração. Pedro não gosta nada da insinuação e diz que, se sente raiva, é porque tem seus motivos.

Transtornado, o cozinheiro deixa escapar que ouve vozes e que foi aconselhado por Hércules a deixar que elas direcionem seus atos. E, como no momento essas vozes dizem que Clarice está fingindo estar doente para poder fugir, ele não vai deixar que ela saia do porão. Desesperada e cheia de dores, ela se deita na cama e chora muito. Até quando Clarice irá resistir?

A cena deve ser exibida nesta quarta-feira, 13/02.






DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here