Faz menos de duas semanas que a escocesa de 48 anos, Susan Boyle subiu no palco do show de calouros "Britain’s Got Talent" para cantar "I Dreamed a Dream" (sonhei um sonho). Antes de emocionar o planeta, ela já havia tentado outras vezes despontar no mundo da música, sem sucesso, informa a Folha Online.

Confira o vídeo sensação da internet, Clique Aqui (completo e legendado)

Em 1995, Boyle tentou ser selecionada para um programa, mas sua participação nunca foi ao ar, "porque estava muito nervosa". Depois disso, contratou um professor de canto, Fred O’Neil, e em 2000 gravou uma versão de "Cry Me a River" para um CD com tiragem de apenas mil cópias é a sua única gravação até hoje, e também já virou sucesso na internet.

Agora, será diferente. O homem que detém os direitos sobre o futuro musical de Boyle, Simon Cowell (dono do "Britain’s Got Talent" e jurado do programa), já garantiu que, dessa vez, ela atingirá um público bem maior do que há dez anos: "É claro que vai haver um disco", disse Cowell, amparado por mais de 75 milhões de visualizações do vídeo de Boyle no YouTube (que os tabloides ingleses anunciam como mais de 100 milhões).





DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here