Caio Castro (Globo/Paulo Belote)
Caio Castro (Globo/Paulo Belote)

Apontado no início de A Dona do Pedaço como par romântico de Agno (Malvino Salvador), Caio Castro acabou tendo outro rumo de seu personagem, Rock, na trama de Walcyr Carrasco.

Ao longo da novela, o personagem namorou Fabiana (Nathalia Dill), ajudou a desmascarar Josiane (Agatha Moreira) e encontrou um grande amor, Joana (Bruno Hamu). Segundo o ator, que bateu um papo com o Área Vip nos bastidores da novela, se envolver em tantas histórias deu muito trabalho. “Estou muito cansado, final de novela todo mundo já dando o gás final, assim. Foi uma novela muito interessante de fazer. Foi uma novela que eu também me envolvi em outras histórias, como nenhuma outra antes. Resolvi muito o problema dos outros, resolvi muita história que não era minha diretamente”, conta.

Saiba o desfecho de Maria da Paz em A Dona do Pedaço

Caio acredita que foi a novela em que mais trabalhou. “Me rendeu muitos dias de gravação. Então, eu acho que eu nunca trabalhei tanto numa novela, eu nunca fiz tanta frente dupla, frente tripla, como hoje. Também não esperava que meu personagem tomasse esse tamanho todo, né? Mas tirando o cansaço, tirando hoje, em específico, que é final da semana, que eu estou com a energia baixa. Mas estou contente, sim, sem dúvida”, avalia.

Nas ruas e nas redes sociais, o ator confessou que constatou uma torcida grande para ele ficar com Agno na trama. “O público pediu bastante para ter alguma coisa entre o Rock e o Agno. Muita negativa também com a Fabiana. “É, você não tem que ficar com a Fabiana”. Então, era para não ficar com a Fabiana, para ficar com o Agno”, diverte-se o ator, que aprovou a entrada de Joana na trama. “Aí  apareceu a Joana.  Acho que agora todo mundo torcendo. E acho que é um final que ele merece. Ele é um personagem muito bom, um cara muito legal. Acho que ele merece uma família, um final feliz, como um bom final de novela”, acredita.

Com o fim da novela, Caio queria mesmo era ficar em casa descansando, porém, o ator garante que não vai ter muito tempo livre.  “Eu queria uma semana em casa sem fazer nada, que eu estou até com preguiça de viajar. Mas eu tenho um negócio em São Paulo e, hoje, me encontro em uma divisão bem grande, um divisor de águas na minha empresa, e que precisa da minha dedicação. Então, também estou um pouco ansioso para voltar para São Paulo para tocar esses negócios”, adianta o ator, que não tem previsão de tirar férias. “Férias mesmo para descansar, para não fazer nada, eu não estou pensando para esse final de ano, não. Estou pensando em resolver algumas coisas antes. De repente, depois do carnaval, para março”, conta.

Faixa preta em judô e praticante de jiu-jitsu, Caio confessa que passou a apreciar o boxe depois de começar a viver o atual personagem. “Eu tive esse contato e aí, a partir daí, eu comecei a assistir muito boxe. Mas eu gostei, gosto de MMA, fui bastante em luta de UFC, aqui, Brasil e até fora. Vi uma luta de boxe, também, clássica assim como manda o figurino, fui de terno, fui de gravata, fui vestido do jeito que tinha que ser, foi em Las Vegas, uma luta do (Floyd) Mayweather com o  (Conor)  McGregor. Não vi Mike Tyson lutar, infelizmente, mas pude conhecer ele também. E fez parte da minha preparação para o Rock. Eu acho que o mundo do boxe, ele se tornou mais presente, obviamente, por uma necessidade também de construção de personagem”, analisa.

Na vida real, Caio gosta de preservar sua privacidade, mesmo fazendo tanto sucesso no horário nobre e tendo milhares de seguidores nas redes sociais. “Eu sempre fui um cara reservado. A partir do momento que eu comecei a fazer novela. São quase 15 pessoas  aqui perguntando sobre o meu respeito, né? Então, eu tive um pouco mais de malandragem também, de ter maturidade de saber responder, às vezes, uma pergunta despretensiosa, com uma resposta curta, ela poderia vir contra mim. Acredito que não é o caso de vocês, aqui, mas tem gente que faz de tudo por um clique, por um acesso na matéria sensacionalista e não pensa no outro lado”, pontua.

Sergio Guizé fala de parceria de sucesso com Walcyr Carrasco e fim de A Dona do Pedaço

A fama não impede o ator de continuar pedindo privacidade. “Eu acho que depois que você faz uma novela das nove, obviamente que uma novela das nove te causa uma exposição muito maior. Mas não que minha vida fique mais exposta, mas, sim, o interesse, a curiosidade das pessoas ficam um pouco maior. E acho que nem tenho que ficar falando da minha vida, das minhas coisas. Mesmo porque não é minha vida que é pública, mas, sim, meu trabalho. Então, eu acho que o interesse um pouco muda, sim. Realmente, todo mundo quer saber o que está acontecendo, o que estou fazendo fora do meu trabalho. Mas acho que é uma coisa que cabe única e exclusivamente a mim”, disse o ator, que recentemente evitou a imprensa durante o Rock in Rio, onde curtiu o festival  ao lado de Grazi Massafera.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here