Joana Di Verona e Diogo Morgado – Divulgação

Em cartaz desde meados de julho, ‘Ouro Verde’ foi lançada com o objetivo de conseguir reerguer os índices do horário nobre da Band. Investindo na exibição de folhetins desde meados de 2015, quando ainda investia nas novelas turcas, a trama produzida pela TVI está obtendo as mesmas médias alcançadas pela antecessora, ‘Minha Vida’, no Ibope.

+ Rafael Pessina, do ‘TV Fama’, pede demissão da RedeTV! e assina com a Band

Trazendo Diogo Morgado, Joana de Verona, Luís Esparteiro, Ana Sofia Martins e Sílvia Pfeifer nos papéis principais, a novela não consegue manter a média alcançada pelo ‘Jornal da Band’, que a antecede. Com previsão de término para junho, ainda não há sequer uma definição acerca da novela que a substituirá. E, de acordo com informações do jornalista e colunista Flávio Ricco, do UOL, a decisão permanece sendo a mesma, ainda sem nenhuma outra definição a ser tomada.

+ Após saída da Globo, Otaviano Costa planeja contrato com a Band, diz colunista

No entanto, por via das dúvidas, o cancelamento no investimento de folhetins portugueses, conforme era avaliado anteriormente, pode vir a ganhar força e entrar em vigor. Paralelo a isso, a emissora da família Saad planeja reativar o setor de dramaturgia da casa, no qual não produz nada desde meados de 2008, quando havia lançado a novela ‘Água na Boca’, de Marcos Lazarini. Para tal, por sua vez, foi apontado a contratação de Aguinaldo Silva, nome no qual não é mais contratado da Globo desde o início deste ano.

+ Após saída da Globo, Mauro Naves surge dentro na Band e avalia novas possibilidades

‘Ouro Verde’ traz a saga de m empresário brasileiro, dono do império Ouro Verde, um dos líderes mundiais no mercado agropecuário e que adquire uma participação no Banco Brandão Ferreira da Fonseca (BBFF), uma empresa familiar liderada por um poderoso banqueiro português.



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here