MSN

segunda-feira, 20 de maio de 2024

Alexandre Borges vai às lágrimas no ‘Conversa com Bial’ ao lembrar os últimos momentos com a mãe

Ator ainda falou sobre a sua carreira na TV

-

-

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.
Ator Alexandre Borges - Foto: TV Globo
Ator Alexandre Borges – Foto: TV Globo

O ator Alexandre Borges, de 57 anos de idade, abriu o coração no ‘Conversa com Bial‘ desta última sexta-feira, 23 de junho, ao falar sobre os últimos momentos com a sua querida mãe, Rosalina, diagnosticada com Mal de Alzheimer. Sendo assim, o artista ainda confessou que reencontrou a sua mãe após trabalhar em ‘Verão 90’, em 2019, e contou que ela estava vivendo em situação ‘desumana’, levando ela para morar com ele em São Paulo.

- Continua após o anúncio -

Dessa forma, na atração de Pedro Bial, Alexandre Borges enfatizou que após atuar no folhetim das sete da TV Globo, foi ao encontro de sua mãe em Santos, quando chegou na localidade, percebeu que ela não estava bem e, sim, vivendo uma doença silenciosa. “A levei para São Paulo e exames comprovaram o diagnóstico. Mas, ela teve um pequeno infarto que gerou um trombo, que gerou um AVC. Isso tudo muito silencioso. Esse AVC potencializou o Mal de Alzheimer que estava no início“, contou ele de inicio, indo às lágrimas.

+ Alexandre Borges dá o tom diabólico a personagem de Cine Holliúdy

No entanto, Borges ainda contou que após dois anos cuidando de sua querida mãe, ela infelizmente veio à óbito e decidiu voltar a TV no ‘Masked Singer Brasil’, para homenageá-la. “Fiz o Masked Singer em homenagem a ela”, disse o ator, comovendo Pedro Bial.

- Continua após o anúncio -

Mais sobre Alexandre Borges

Sendo assim, ainda na entrevista ao ‘Conversa com Bial’, Alexandre comentou sobre a sua carreira na TV e revelou os papeis que mais amou fazer na dramaturgia do canal. Deste modo, para o comunicador, ele revelou que os papeis foram o de Bruno, de “A Próxima Vítima” (1995), Danilo, de “Laços de Família” (2000), o Jacques Leclair, de “Tititi” (2010) e Cadinho, de “Avenida Brasil” (2012).

+ Alexandre Borges se emociona ao falar de saudade da mãe

- Continua após o anúncio -

Eles tinham um pouco da libido latina brasileira, da safadeza. Mas, era garanhão, mas ao mesmo tempo as mulheres faziam dele gato e sapato”, lembrou.

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.