domingo, 7 de agosto de 2022

Últimas

Globo deixará de faturar R$ 1 bi no ano que vem

-

Victor Arioli
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!

@siteareavip

Instagram

Veja também

- Continua após o Banner -

TV Globo - Logo - Divulgação
TV Globo – Logo – Divulgação

- Continua após o anúncio -

O ano que vem será bastante complicado para a TV Globo, não só no sentido financeiro quanto na grade de programação. É que a emissora perdeu três contratos exclusivos importantíssimos.

+ Em crise, Globo planeja cancelamento em massa de programas; saiba mais

O primeiro, como já antecipado aqui no site, é o Carnaval, que estão suspensos até segunda ordem. O outro é a Copa Libertadores da América, que deverá ficar com o SBT. O terceiro, por sua vez, é a ‘Formula 1’.

- Continua após o anúncio -

As informações são do jornalista e colunista Ricardo Feltrim. Segundo suas informações, a emissora ganha uma verdadeira bolada com cotas de publicidade para estas atrações. Vale lembrar que ela desembolsa uma boa grana também.

+ Crise na Globo esquenta após resposta dos atores a redução de salário

- Continua após o anúncio -

No caso da F1, pela exclusividade, a emissora paga U$ 20 milhões, o que dá cerca de R$ 100 milhões. De retorno, ela recebe R$ 500 milhões. Algo que, descontado impostos e outros gastos, fica, de lucro, R$ 150 milhões. Isso é bom, não é mesmo? Para o ano que vem, no entanto, ainda que exista uma possibilidade muito remota, isso não deverá acontecer.

O mesmo vale para a Libertadores da América, que tem um custo anual de U$ 60 milhões, algo em torno de R$ 300 milhões e o Carnaval, que custa R$ 200 milhões para o canal. Assim, com as cotas de publicidade, ela deixará de faturar mais de R$ 1 bilhão.

+ Em crise devido pandemia, Grupo Globo corta salário de funcionários

Em nota enviada a Feltrim, a TV Globo comentou: “A Globo não abre os valores de suas negociações comerciais, mas é importante contextualizar os movimentos citados”, iniciou o canal, que continuou: “O mundo está vivendo um dos seus momentos mais desafiadores, inclusive no campo econômico. Isso tem obrigado as empresas dos mais variados mercados e setores a reverem seus custos e acordos. Esta não é uma realidade exclusiva do Brasil nem mesmo da Globo; ocorre também com outros players e em outros mercados, todos impelidos a buscar uma revisão de seus compromissos, adequando-os a este novo momento. Central Globo de Comunicação – CGCom”.

- Continua após o anúncio -

+ Novidade: Área VIP no Telegram – Clique Aqui e fique por dentro!

E tem muito mais para você: Baixe o app Área VIP – TV e Famosos ou siga o Área VIP no Google Notícias e receba as informações mais quentes do entretenimento com tudo o que acontece no mundo da TV e dos FamososClique Aqui!

Adicione no Whatsapp
Victor Arioli
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!

Últimas TV & Famosos