Globo/Pedro Curi

Quem não dorme o suficiente, ganha peso, desequilibra a saúde e perde qualidade de vida. O ‘Globo Repórter’ desta sexta-feira, dia 9, mostra que fatores como longas jornadas de trabalho, horas perdidas no trânsito e estresse complicam a rotina dos brasileiros na hora de dormir.

Seis em cada dez moradores de São Paulo não dormem bem. Para tornar esse tempo útil, universidades investem em cursos que acontecem durante a madrugada. O programa fala ainda sobre a melatonina, o hormônio do sono, e os artifícios usados por atletas para inibir sua produção, fazendo com que eles permaneçam acordados em horários atípicos.

Já o “sonômetro”, desenvolvido pela Universidade Federal de Minas Gerais, é capaz de medir o cansaço de motoristas que não dormiram o suficiente. O equipamento ajuda a evitar acidentes, já que quem fica acordado por mais de 19 horas corre os mesmos riscos na direção que motoristas que ingeriram bebida alcóolica. O ‘Globo Repórter’ também apresenta uma pesquisa do Incor de São Paulo, que relaciona a apneia do sono com doenças como diabetes, colesterol alto e obesidade.

O ‘Globo Repórter’ vai ao ar na noite desta sexta-feira, dia 9, depois do ‘Big Brother Brasil’.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here