Reprodução

É evidente que o investimento do SBT em produções voltadas para o público infantojuvenil são responsáveis por fazer o canal bater sucessivos recordes, seja de audiência ou em faturamento.

Desde que passou a adotar uma espécie de dobradinha entre as tramas infantis, a emissora saiu beneficiada, com audiência acima dos dois dígitos no horário nobre, mesmo disputando a preferência dos telespectadores com as novelas das nove da Globo. Impulsionada por ‘As Aventuras de Poliana‘ e ‘Cúmplices de um Resgate’, a rede conseguiu alcançar seu melhor mês de março desde 2006.

As Aventuras de Poliana - Poliana/Instagram
As Aventuras de Poliana – Poliana/Instagram

De acordo com o Notícias da TV, segundo os dados consolidados do Ibope, o SBT acumulou média de 6,3 pontos na Grande São Paulo. No mesmo período, a Globo foi líder, com 12,8, seguido pela Record, em terceiro, com 5,9. A Band cravou 1,6 ponto, seguido pela TV Cultura e RedeTV!, com 0,9 ponto cada, na quinta colocação. Este é o melhor desempenho em 13 anos, visto que o recorde anterior do canal havia sido 6,6 nestes 31 dias.

Vale lembrar que a dobradinha dos folhetins infantis beneficiam os demais produtos do SBT. De volta em cartaz desde janeiro, quando substituiu a longeva reapresentação de Chiquititas, que chegou ao fim após quase dois anos e meio no ar, a saga estrelada por Larissa Manoela ocupa a terceira posição no ranking das atrações mais vistas na capital paulista com 11,1 pontos, ficando atrás apenas de Poliana (12,2) e do tradicional Programa Silvio Santos (11,7).

Os dados aqui divulgados, referem-se à média 24h, que contabiliza as atrações transmitidas entre 6h às 5h59 da madrugada do dia seguinte. Desta forma, a emissora de Silvio Santos se destaca por completar exatas cerca de 24 meses – dois anos – à frente da Record, para quem não perde a colocação desde março de 2017. No entanto, na média-dia das 7h às 0h, a estação de Edir Macedo crava a vice-liderança isolada sobre a concorrente, visto que desconsidera as atrações transmitidas no decorrer da madrugada. Cada ponto equivale a 73 mil domicílios na Grande São Paulo.

Veja também:

Globo começa o ano com pior audiência da década

Colaborou: Luís Gusttavo



16 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here