Divulgação/Band

A edição desta noite do CQC exibe uma entrevista exclusiva com a banda One Direction, fenômeno teen do momento. O repórter Mauricio Meirelles foi até Londres acompanhar a pré-estreia mundial de “This is Us”, documentário sobre a banda formada por Niall, Zayn, Liam, Harry e Louis. No bate-papo, o quinteto fala sobre a carreira, o Brasil e, claro, sobre os fãs da banda. “Eles são muito gente fina e se divertiram bastante durante a entrevista”, conta Meirelles.

O programa também leva ao ar uma denúncia de nepotismo no quadro “Proteste Já”. Oscar Filho foi até Joanésia, interior de Minas Gerais, para investigar se o prefeito da cidade realmente emprega parentes em secretarias da prefeitura da cidade, que tem cerca de 6 mil habitantes. Durante a reportagem, Oscar teve seu microfone arrancado das mãos enquanto entrevistava o prefeito Antonio Carlos Alvarenga (PSDB). O governante devolveu o aparelho sem danos e saiu do gabinete para se refugiar em outra sala. Na confusão, vários funcionários ocuparam os corredores da prefeitura e uma lente da câmera do CQC foi danificada

O quadro “Sem Saída” estreia uma nova máquina da verdade, capaz de detectar tudo pela modulação da voz. Em Brasília, o repórter Guga Noblat escolheu a primeira vítima: o deputado Paulo Maluf (PP-SP). No “Documento da Semana”, Ronald Rios mostra como é a vida de pessoas que vivem completamente sem luz no interior da Bahia, estado com o maior número de cidades em que a energia elétrica não chegou. E Dani Calabresa vai às ruas para entender a repercussão do caso envolvendo o jogador do Corinthians Emerson Sheik, que deu um selinho em um amigo e foi o assunto da semana.

O CQC vai ao ar toda segunda-feira, às 22h30, pela Band e Rádio Bandeirantes.






DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here