Cabrini no Conexão Repórter (Divulgação/SBT)
Cabrini no Conexão Repórter (Divulgação/SBT)

No Conexão Repórter desta segunda-feira (01), Roberto Cabrini retorna à realidade drástica do Viaduto do Chá, em São Paulo.

Há quatro anos o programa mostrou a violência, o abandono e a morte de crianças e adolescentes que tentavam sobreviver no local. O jornalista vai em busca destes jovens para constatar quantos conseguiram contrariar as adversidades, vencer a brutalidade do relento na selva de pedra e registrar como está a situação deles na atualidade.

O telespectador vai ver como está a menina de 16 anos, que foi uma espécie de fio condutor para contar os dramas humanos ali existentes, agora, aos 20 anos. Ketelyn conta a Cabrini como driblou um destino de drogas e violência e, hoje, se dá o direito de sonhar. O jornalístico também mostra como as vigas do viaduto acolhem fugitivos do preconceito, como no caso de Nataly e Manuela, ambas com 20 anos, e uma história de amor homossexual não aceita por suas famílias.

Cabrini fala ainda com Ana Paula, que atuava como uma protetora desses jovens e conta como a reportagem feita pelo programa teve um papel importante nas mudanças que ocorreram depois em sua vida.

O documentário “Memórias de um Viaduto” vai ao ar no Conexão Repórter desta segunda, às 23h45, logo após o Programa do Ratinho.

Cabrini renova com o SBT

No mês em que completa dez anos de SBT, Roberto Cabrini renovou seu contrato com a emissora por mais dois anos.

Estou muito feliz pois aqui me sinto em casa. Em março de 2020 o Conexão Repórter completará 10 anos com a missão de continuar a busca pela verdade por meio de grandes reportagens”, afirma o editor-chefe e apresentador do Conexão Repórter, no ar todas as segundas-feiras, a partir das 23h45.

Para o SBT é valioso ter em seu casting o premiadíssimo jornalista Roberto Cabrini, que sempre agrega valor e prestígio à reputação da marca.

Confira os prêmios já conquistados por Cabrini e pelo Conexão Repórter abaixo:

Roberto Cabrini

• 1993 – Troféu Imprensa – Melhor repórter da TV brasileira (Prêmio recebido em 1994, ano em que cobriu a morte de Ayrton Senna e descobriu o paradeiro do fugitivo Paulo César Farias).

• 1995 – Prêmio APCA (Ass. Paulista dos Críticos de Arte) – Melhor programa jornalístico (Entrevista com Fernando Collor de Mello, e documentário no Iraque).

• 1995 – Revista Veja – Menção. Entrevista com Fernando Collor de Mello é apontada como a melhor matéria do ano de 1995.

• 1995 – Jornal do Brasil – Menção. Considerado melhor repórter da televisão brasileira em 1995.

• 1996 – Prêmio Vladimir Herzog – Categoria TV, pelo documentário “Em Nome de Alá”, realizado no Afeganistão.

• 1997 – 14º Prêmio de Direitos Humanos da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos (Arfoc/RS e Brasil), com o documentário “Em Nome de Alá”.

• 1998 – VI Prêmio Líbero Badaró de Jornalismo – Reportagem “A Verdadeira História do Vôo 254”.

• 1998 – 1º Prêmio Previdência Social de Jornalismo – com o documentário “Investigando a fraudadora do INSS”.

• 2009 – Prêmio Tim Lopes – Reportagem “O Chefe do Tráfico”.

Conexão Repórter com Roberto Cabrini

• 2010 – Prêmio Esso de Telejornalismo – Reportagem “Sexo, Intrigas e Poder” (investigando a pedofilia na Igreja).

• 2011 – Troféu Imprensa – Conexão Repórter – Melhor Programa Jornalístico.

• 2012 – Troféu Imprensa – Conexão Repórter – Melhor Programa Jornalístico.

• 2012 – Troféu Internet – Conexão Repórter – Melhor Programa Jornalístico.

• 2014 – Troféu MPT (Ministério Público do Trabalho) – Reportagem “O Doce Veneno dos Campos do Senhor”.

• 2015 – Prêmio República (Ass. Nac. Procuradores da República – Reportagem “O Doce Veneno dos Campos do Senhor”.

• 2015 – Prêmio Comunique-se – Roberto Cabrini – Melhor Repórter de Mídia Falada (e único jornalista que não é da Rede Globo a ganhar este prêmio).

• 2016 – Troféu Imprensa – Conexão Repórter – Melhor Programa Jornalístico.

• 2017 – Troféu Imprensa – Conexão Repórter – Melhor Programa Jornalístico.

• 2018 – Prêmio UOL (Voto Popular) – Melhor Jornalista – Roberto Cabrini.

• 2018 – Troféu Área Vip – Melhor Programa Jornalístico.

• 2019 – Roberto Cabrini recebe título de “Benfeitor da Humanidade”, da ONG 1 Milhão de Amigos, ligada à ONU.

Confira também:

Premiados pelo Área VIP, Cabrini, Rebeca e Silvio são reverenciados; Veja!



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here