MSN

domingo, 14 de julho de 2024

Rodrigo Faro pode ter salário milionário cortado na Record

Crise proporcionada pelo novo coronavírus põe em pauta o salário milionário do apresentador Rodrigo Faro na Record.

-

-

Luís Gusttavo
Luís Gusttavo
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!
Rodrigo Faro pode ter salário milionário cortado na Record – Reprodução/Record

Não é mais nenhuma surpresa de que, de fato, a pandemia do novo coronavírus insaturou uma crise financeira ainda maior nos cofres das emissoras de televisão. Com a suspensão das atividades dos seus funcionários por tempo indeterminado e consequentemente os inúmeros cancelamentos em torno dos programas, as redes estão precisando lidar com a falta de faturamento.

- Continua após o anúncio -

+ Rodrigo Faro passa por drástica mudança nos bastidores da Record

Visto isso, a Record está tentando tomar medidas bastantes arriscadas para conter os gastos. Dentre elas, a mais recente foi na tentativa de diminuir o grande salário de Rodrigo Faro. De acordo com informações da jornalista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, nos corredores da emissora comenta-se de que o artista recebe em torno de R$ 1 milhão mensais, além das participações com merchandising no seu dominical, o ‘Hora do Faro’.

+ Rodrigo Faro publica click raro ao lado da esposa, Vera Viel, e faz revelação

- Continua após o anúncio -

Conquanto, devido a crise econômica evidente e o cancelamento dos merchans, a Record foi recusada pelo próprio comandante sobre a oferta feita ao apresentador de diminuição do salário. Em nota publicada, a rede do bispo Edir Macedo se manifestou e emitiu a seguinte nota: “A Record TV não diminuiu o valor de contrato com Rodrigo Faro. No merchandising, os cachês são pagos pelos anunciantes”.

+ Danilo Faro, irmão de Rodrigo Faro, corteja Marcela, do ‘BBB20’, e confessa: “Sempre gostei de você”

- Continua após o anúncio -

Com a perda de anunciantes e a suspensão de contratos de publicidade, a Record entrou com uma ação judicial em que pede uma moratória de 90 dias em suas dívidas trabalhistas. De acordo com informações do jornalista e colunista Ricardo Feltrin, a emissora recorreu na 1ª Vara do Trabalho da Capital com pedido de suspensão do pagamento de dívidas judiciais sem juros ou multas.

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Luís Gusttavo
Luís Gusttavo
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!