TV Globo/Matheus Cabral

Neste domingo, dia 18, Sandy é a entrevistada do quadro ‘O Que Vi da Vida’, de Cláudio Manoel. A cantora fala sobre sua relação com a fama e a família; conta a história de sua carreira que começou quando ela tinha apenas seis anos de idade e lista as lições que a vida lhe ensinou. Ela lembra de sua primeira apresentação ao lado de Junior em 1989, no programa ‘Som Brasil’, que era apresentado na Rede Globo pelo ator Lima Duarte. Sandy conta que a partir daí não pararam de chegar convites de gravadoras e que, no início, seus pais não aprovavam a ideia de ver os filhos virarem artistas tão cedo. A cantora revela que a dupla insistiu muito e recorreu até a uma chantagem emocional para convencer o pai a apoiá-los. Sobre a fama, Sandy comenta que esta é a pior parte do sucesso e que se fosse possível preferia viver da música sem ser conhecida. “Ser famosa dá trabalho. A fama mexe com a cabeça das pessoas. Eu tive sorte. Às vezes minhas mãe chegava a dizer: ‘olha, hoje você não foi tão bem. Você pode melhorar nisso, nisso, nisso…’ Eu tive alguém que tinha os pés no chão e me falava a real”, explica.

A uma semana do Natal, o ‘Fantástico’ entra no clima das festas de final de ano e dá uma força para aqueles que estão empenhados nas compras natalinas. O programa acompanha famílias brasileiras em grandes liquidações – os famosos outlets – no Brasil e nos Estados Unidos. O telespectador confere quais são as principais diferenças nos produtos oferecidos, nos preços e nas condições de pagamento. Será que vale a pena viajar para fazer compras no exterior? O programa leva ainda uma novidade para dois shoppings brasileiros para ajudar os casais na hora de sair às compras: a “Maridoteca”, um espaço criado para os homens relaxarem e se distraírem enquanto as mulheres batem perna pelos corredores dos centros comerciais. O que será que eles acham da ideia? E será que as mulheres também aprovam a iniciativa?

Ainda sobre o tema, o programa também traz uma reportagem especial que mostra a situação enfrentada pelos paulistas, no trânsito, nesta época de final de ano. Repórteres do ‘Fantástico’ acompanham de perto a agonia passada pelos motoristas, que ficam horas atrás do volante por conta dos imensos congestionamentos de dezembro.

Neste final de semana, o programa estreia ainda uma nova edição do quadro ‘Choque Cultural’. Desta vez, uma patricinha de Brasília encara um estágio em uma creche de Aracaju para cuidar de crianças carentes, enquanto um trabalhador rural do interior de Goiás que adora churrasco tem que se adaptar aos costumes de uma comunidade paulista de vegetarianos radicais. Como a dupla vai lidar com estes contrastes culturais e estas mudanças radicais em suas rotinas, o público confere nas duas últimas edições do ‘Fantástico’ deste ano.

E no último episódio de ‘Conselho de Classe’, o telespectador confere quais foram os resultados obtidos por alunos e professores que tiveram suas rotinas acompanhadas pelo quadro, comandado por Zeca Camargo. Há aqueles que comemoram a chegada das férias e outros que se lamentam por causa das provas de recuperação que se aproximam.

O ‘Fantástico’ vai ao ar aos domingos, logo após o ‘Domingão do Faustão’.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here