Ana Paula eliminada do BBB18 (Globo/Paulo Belote)
Ana Paula eliminada do BBB18 (Globo/Paulo Belote)

Ana Paula entrou no ‘BBB18’ e se apresentou aos colegas de confinamento como aprendiz de feiticeira. Sem papas na língua, enfrentou, logo na primeira semana, um paredão ao lado de Jéssica e Mara e, desde o início do jogo, formou uma aliança com Diego e Patrícia, seus amigos inseparáveis na casa.

Na noite desta terça-feira, dia 13, foi eliminada pelo público com 89,85% dos votos, mas diz que não se arrepende de nada. Depois de participar do ‘Mais Você’ na manhã desta quarta-feira, 14, a sister analisa sua passagem pelo programa e fala um pouco sobre o que espera do futuro.

Uma jogadora estratégica

É assim que se define Ana Paula. “Combinei votos, sim, e isso era uma estratégia de defesa. Formamos a sétima aliança, mas, em alguns momentos, tivemos medo de estarmos nos tornando ‘os sete odiados’”, conta Ana Paula, se referindo aos seus melhores amigos no jogo, Diego e Patrícia, e aos participantes Caruso, Nayara, Viegas e Wagner, com quem armava os votos para a formação dos paredões. “Eu encarei minha participação no ‘BBB’ como um jogo de tabuleiro. Em alguns momentos, se avança cinco casas. Em outros, se regride, fica algumas rodadas sem jogar. É muito complexo estar lá dentro, é um jogo onde tudo tem algum significado e um reflexo. Fiquei exausta mentalmente, porque o tempo inteiro eu pensava em como as minhas atitudes estavam sendo analisadas”, avalia.

As provas do BBB

Durante os desafios, segundo ela, voltou a ser criança. “As provas são muito legais: malucas e perfeitas. Me diverti, mas também ficava nervosa, porque não queria perder. Eu queria muito sair do ‘Tá com Nada’ e isso me fez ficar um pouco desestabilizada em alguns momentos. Acabei gritando, mas meu objetivo sempre foi estimular a equipe. Não era fácil comer rã e feijão e ter, ao meu lado, uma pessoa saboreando um misto quente, por exemplo”.

Os amigos

Mesmo em um jogo duro, Ana Paula descreve a amizade com Diego e Patrícia como um encontro de almas. “A nossa amizade será a minha melhor memória do ‘BBB’. Foi tudo tão natural entre a gente: não precisamos falar nada e, quando vimos, já estávamos juntos, como se nunca tivéssemos nos soltado em nenhum momento das nossas vidas. Encontrei amigos de verdade”. Além do sentimento especial pela dupla, a ex-participante também nutre um carinho muito grande por Kaysar. “Ele é incrível, não tem maldade. Nunca conheci uma pessoa como ele”, diz.

O entrosamento com os Brothers

Apesar da amizade genuína com Diego e Patrícia, Ana Paula conta que sentiu certa dificuldade em se entrosar com o restante da casa. “Quando vejo que alguém não gosta de mim, não fico forçando, não dou muito papo. Tive dificuldades e acho que foi isso o que me atrapalhou. Mas não me arrependo. Eu não conseguiria ‘puxar o saco’ de alguém, simplesmente porque eu não me sentiria bem comigo mesma fazendo isso”.

As discussões

Sobre as brigas, ela acredita que ficaram dentro da casa. “Não tenho vontade de conversar com os participantes sobre as tretas. O que aconteceu, aconteceu, e foi bem traumático para mim. Mas tenho certeza de que, como todas as fases da nossa vida, esta também vai passar e vou levar de bom os amigos que fiz. As brigas e o período em que fiquei doente lá dentro, quero esquecer”, afirma.

Os sonhos para o futuro

Agora fora da casa, a estudante de jornalismo pensa nos próximos passos. “Fiz cursos e tenho o registro de atriz. Já fiz alguns trabalhos e cheguei a passar um tempo no Rio de Janeiro estudando. Mas chegou um momento em que eu não tinha mais dinheiro para continuar na cidade. Voltei para casa, arrumei um emprego fixo e tentei esquecer. Mas meu sonho de atuar sempre esteve vivo dentro de mim: eu queria visibilidade, ser reconhecida e poder mostrar o meu trabalho para as pessoas. Agora, o público sabe quem eu sou e vou usar isso para o lado bom. Acredito que terei oportunidade para mostrar o meu talento e a minha desenvoltura”. Seu desejo maior agora é ser acolhida pelo público. “Espero que o Brasil goste de mim, releve algumas coisas que falei, mas, principalmente, que me aceite do jeito que sou: falando besteiras, sem pudor e sem filtro. Sou muito natural”.

De acordo com o site oficial do programa, a ex-sister lidera o ranking das rejeições em Paredões triplos.

Confira o ranking!

1º lugar – Ana Paula, do BBB18

BBB18 - Ana Paula (Reprodução/TV Globo)
BBB18 – Ana Paula (Reprodução/TV Globo)

A estudante de Jornalismo enfrentou a família Lima e Paula no Paredão. O público eliminou a catarinense com 89,85%.

2º lugar – Elis, do BBB17

BBB17 - Elis eliminada (Reprodução/TV Globo)
BBB17 – Elis eliminada (Reprodução/TV Globo)

Elis Regina, do BBB17, recebeu 80,32% dos votos. Daniel e Ilmar, que também estavam na berlinda, ficaram com 16,70% e 2,98%, respectivamente.

3º lugar – Roberta, do BBB17

BBB17 - Roberta (Globo/Paulo Belote)
BBB17 – Roberta (Globo/Paulo Belote)

Roberta, também do BBB17, foi indicada pelo Líder Marcos e recebeu 79,43% dos votos. Emilly e Ieda, também emparedadas, levaram 14,45% e 6,12%, respectivamente.

4º lugar – Tessália, do BBB10

Tessalia do BBB10 (Reprodução/TV Globo)
Tessalia do BBB10 (Reprodução/TV Globo)

Em um Paredão contra Anamara e Alex, a curitibana recebeu 78% dos votos, contra 13% de Anamara e 9% de Alex.

5º lugar – Diana, do BBB11

Diana do BBB11 (Reprodução/TV Globo)
Diana do BBB11 (Reprodução/TV Globo)

Diana disputou o Paredão com Maria e Wesley, a campeã e seu boy na 11ª edição do reality. Diana teve 75% dos votos, contra 16% de Maria e 9% de Wesley.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no ‘BBB18‘? Acompanhe o ‘Área VIP‘!







DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here