Bruno Covas / Instagram

O prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas, do PSDB, teve sua alta hospitalar adiada após ele receber um novo diagnóstico.

No dia 23 de outubro ele deu entrada no hospital Sírio Libanês para tratar de uma erisipela, que é uma infecção na pele. Ao realizar novos exames, foi descoberto que que a condição acabou evoluindo para uma trombose de veias fibulares em sua perna. Depois, foi constatado uma tromboembolismo pulmonar. Após novos exames, Bruno Covas foi diagnosticado com um câncer no aparelho digestivo.

Bruno Covas, prefeito de São Paulo, é diagnosticado com tumor no sistema digestivo

A alta do prefeito estava prevista para está segunda-feira (4), ao meio dia, mas de acordo com um boletim médico, um ecocardiograma realizado neste último domingo (3) mostrou um novo coágulo, no átrio direito de Bruno. Por causa disso, a equipe médica decidiu manter o político no hospital para adequação da anticoagulação.

Vale dizer que na última semana, ele realizou a sua primeira sessão de quimioterapia e, mesmo assim, despachou com seus secretários no quarto em que se recupera. Além disso, ele também recebeu as visitas do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

Liminha revela atual situação após ser diagnosticado com doença grave

Veja o boletim médico:

Um ecocardiograma realizado dia 3/11 no prefeito Bruno Covas mostrou novo coágulo, no átrio direito. Exames subsequentes, entre os quais uma angiotomografia arterial e venosa do tórax, demonstrou redução dos sinais de tromboembolismo pulmonar e o surgimento de um pequeno trombo junto ao cateter venoso central. Por isso, a equipe médica decidiu pela permanência hospitalar para adequação da anticoagulação.

O prefeito Bruno Covas está sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. David Uip, pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho, Prof. Dr. Raul Cutait, Dr. Artur Katz, Dr. Tulio Eduardo Flesch Pfiffer, Dr. Cyrillo Cavalheiro Filho e Dr. Andre Enaime Vallentsits Estenssoro.

Dr. Fernando Ganem 
Diretor de Governança Clínica”, diz a nota.

Veja também:

Mamma Bruschetta desabafa após ser diagnosticada com câncer



20 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here