Bruno Covas – Foto Reprodução: TV Globo

Após 23 dias internado, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), recebeu alta médica e deixou o Hospital Sírio Libanês, na região central da capital paulista, na tarde desta quinta-feira (14).

Covas estava internado desde o dia 23 de outubro, na ocasião ele chegou ao hospital com erisipela (infecção na perna), que acabou evoluiu para trombose venosa profunda (coágulos) na perna direita. Depois os médicos descobriram que os coágulos subiram para o pulmão, causando o que é chamado de embolia.

Marcão do Povo é internado e passa por cirurgia

“A orientação é a de que ele repouse em casa, na medida do possível, e retome na segunda-feira à prefeitura. Ele terá um limite de aparição pública, mas terá rotina normal”, afirmou o médico David Uip, responsável pelo tratamento, ao portal G1.

Após novos exames para localizarem os coágulos, os médicos acabaram detectando um câncer na cárdia, região entre o esôfago e o estômago, com metástase no fígado. Bruno Covas já foi submetido a duas sessões de quimioterapia de 30 horas cada, a última delas aconteceu na tarde da última quarta-feira (13). No dia 4 desse mês, novos exames detectaram um novo coágulo no coração. Os últimos exames realizados pelo prefeito mostraram redução dos coágulos.

Após um mês de internação, ex-Timbalada, celebra recuperação

Nos últimos dias Covas realizou novos exames e os médicos decidiram que agora ele já pode fazer o tratamento em casa. Na próxima semana ele terá que retornar ao hospital para fazer a terceira sessão de quimioterapia, onde será internado novamente para realizar o procedimento de 30 horas de tratamento.

De acordo com o médico David Uip, o prefeito reagiu muito bem a sessões de quimioterapia e não houve efeitos adversos. Ele ainda afirmo que Covas está animado e bem disposto. “Bruno está tão bem que até brincou que só falta crescer cabelo”, contou o doutor.

Veja também:

Ator remove pólipo pré-canceroso



50 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here