Cacau Protásio / Foto Reprodução: TV Globo

Cacau Protásio foi a convidada do programa ‘Conversa com Bial’, da Globo, desta última quinta-feira (7), e durante o bate papo com o apresentador Pedro Bial, a atriz falou sobre o sucesso que fez na novela ‘Avenida Brasil’, que está de volta na TV no ‘Vale A Pena Ver de Novo’. No folhetim ela interpreta Zezé, que seria um papel pequeno, no entanto, o seu carisma conquistou o público e a personagem foi ganhando cada vez mais destaque.

A atriz contou que muitas pessoas só lembram dele a partir de Zezé, no entanto, ela já havia atuado no remake de ‘Ti Ti Ti’. Além disso, Cacau falou como era sua vida antes desse papel importante.

“Trabalhava em uma loja vendendo cadeira de rodas, essas coisas. Ninguém lembra mas eu fiz remake de ‘Tititi’. E aí quando me chamaram para fazer ‘Avenida Brasil’, realmente era para ser um papel pequenininho e eu achava que ia gravar duas vezes na semana”, lembrou ela.

Cacau Protásio faz desabafo sobre a depressão: “Eu só queria desaparecer”

A secretária do lar da vilã Carminha (Adriana Esteves) se destacou no meio de atores já consagrados da TV brasileira, e caiu nas graças do público após a mudança da letra do sucesso “Correndo Atrás de Mim”, do Aviões, que virou “Eu quero ver tu me chamar de amendoim”.

“Era só Zezé passando aspirador no sofá, entra o Murilo Benício e o Caruso e eu não podia fazer nada, só que na época da novela, eu era a única que podia fazer comédia, fazer graça porque estava em um momento muito intenso, a Carminha tinha sido sequestrada, aquela confusão toda e os meninos falaram: ‘Canta chamar de amendoim’. Eu pedi para a Amora e ela falou: ‘Pode'”, explicou ela.

Cacau também falou sobre o seu corpo, e bastante segura garantiu que se acha bonita. “Quando eu faço dieta, para mim é saúde. Quando meu joelho começa a doer, às vezes não consigo amarrar o sapato, aí eu vou e dou uma desinchada. Não tenho problema com o corpo, de ser gorda. Eu me acho bonita e meu marido fala que sou gostosa. Eu amo comer. Sou a pessoa que faço a minha comida e como. Quando dá certo eu como, quando dá errado eu como também”, brincou a atriz.

Cacau Protásio homenageia Ludmilla e critica vaias durante Prêmio

Além de Zezé, Cacau ganhou outros papéis importantes na carreira, e após ‘Avenida Brasil’ foi convidada para dar a vida a Terezinha, no seriado ‘Vai Que Cola’, no Multishow. “Assim que sai de Avenida Brasil, o Cristian me chamou para fazer o personagem, que era uma viúva de bicheiro, o nome era Terezinha, e morava no Méier. Tudo que ele me deu foi isso”, contou, que explicou de onde vem a inspiração para a personagem.

“Eu me inspirei em uma vizinha de uma comadre minha. (…) ela é uma mulher que tem um astral lá em cima, uma autoestima lá em cima, é gostosona, ela é linda e é essa pessoa que fala: ‘O que é que é? Tô falando contigo’. Ela é nesse nível, e falei: ‘Terezinha vai ser assim’. Nunca contei, primeira vez que ela vai saber”, disse ela.

Sobre a vida amorosa, a atriz contou que ela que tomou a iniciativa para começar seu relacionamento com o marido, o fotógrafo Jarderson Pires. Achava que não ia casar porque todas minhas amigas casavam muito cedo.(…) Eu pegava todos os buquês de todo mundo da minha rua e não casava. Eu que dei mole e inventei uma história para ficar com ele. Minhas amigas falavam: ‘Cacau, ele é a fim de você'”, lembrou ela.

Veja também:

Após novas cirurgias, Jojo Todynho entrega problemas no corpo



9 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here