Roberto Leal / Instagram
Roberto Leal / Instagram

Neste domingo (30), um dos grandes nomes da música quebrou o silêncio e falou pela primeira vez sobre a luta que vem enfrentando há dois anos contra o câncer.

No programa ‘Domingo Show’, da Record, o apresentador Geraldo Luís falou com exclusividade com o cantor, que abriu o coração.

Filho de Maria Julia Fernandes e do barbeiro Avelino Fernandes, António Joaquim Fernandes, mas conhecido como Roberto Leal, nasceu em Portugal, mas veio para o Brasil aos 11 anos de idade junto com os país e os nove irmãos em cinco viagens.

Em São Paulo, após trabalhar como sapateiro e vendedor de doces, ele iniciou sua carreira como cantor de fados e músicas românticas.

A primeira aparição de Roberto Leal na TV, foi no Programa do Chacrinha, depois o cantor ficou conhecido por todo o Brasil, apareceu em diversos programas e ganhou fama não apenas no Brasil, mas também na sua terra natal, Portugal.

António Joaquim Fernandes, ganhou o nome artístico Roberto Leal, do professor de música, ele aprovou o nome escolhido.

Veja: 

Divulgação

Mãe de ator global revela luta contra o câncer

A descoberta da doença 

Há dois anos, Roberto Leal começou a sentir um cansaço e uma grande dor nos ossos, depois de alguns exames o diagnóstico confirmou: câncer.

Roberto se isolou e não quis ter contato com ninguém. No entanto, o apresentador da RecordTV, Geraldo Luís, amigo do cantor, que ficou sabendo da doença tentou diversas vezes encontrá-lo, mas devido a situação em que estava, Roberto não quis ver ninguém, mas garantiu que ele seria a primeira pessoa da televisão a vê-lo, assim que estivesse de pé.

“Você se lembra que tantas e vezes você me disse ‘eu quero ir na sua casa, deixa eu estar dentro do seu coração’, você está, mas Deus vai permitir que você venha na minha casa quando eu estiver de pé”, disse Roberto Leal para Geraldo Luís, quando os dois se encontraram em sua casa para a entrevista.

O apresentador não conteve as lágrimas e se emocionou: “Perdão, o choro foi de emoção de estar do seu lado. Esse choro é só de pura emoção, dá oportunidade que Deus me dá de poder aprender, de primeiro de saber como eu sou pequeno, mas que existe pessoas que nos tornam maiores e você é um dessas pessoas que num momento desses, de extrema coragem de lutar e de viver e você encarou não só a doença, mas a vida também”, disse Geraldo.

Aos 84 anos, ator Luis Gustavo é internado e estaria com câncer

A doença

Roberto Legal começou a sentir uma grande dor, maior do que tudo que ele já havia sentido antes. Ele descobriu que estava com uma hérnia de disco.

O cantor estava com viagem marcada para o exterior, tinha shows em Portugal e Estados Unidos, só que o médico aconselhou ele a continuar no Brasil, já que ele não aguentaria as horas de viagem, devido a dores.

“Era uma dor que começa no final da minha coluna, chamada de hérnia discal, que se estendia para a minha perna direita e adormecia a perna. Tinha hora que eu não sentia do joelho para baixo e ela foi subindo até um hora que eu não conseguia ficar em pé”, revelou Roberto.

No início, devido a dor, Roberto Leal chegou até fazer acupuntura para tentar aliviar a dor, mas não resolveu, já que a dor era devido a doença.

Roberto chegou a fazer alguns shows sentados e até em cadeiras de rodas, o público, mesmo sem saber o motivo apoiou o cantor, cantou, dançou e o aplaudiu. Isso deu forças para que ele lutasse contra a doença.

O Dr. Renan mostrou o papel para ele, onde mostrava o resultado do diagnóstico, e ele disse ‘vamos enfrentar’.

Questionado se em algum  momento teve medo de morrer, Roberto respondeu sem exitar: “Não! Não mesmo porque, Márcia Lucia, companheira minha de 42 anos disse: ‘Roberto como você aceita tão resignado, só com oração?”, eu aceito porque eu acredito e o que for decido é o melhor pra mim. Se eu realmente cheguei nesta situação, se este caminho é o único caminho possível, eu não tenho escolha, mas voltar para atrás, não. Isso é próprio de alguém que sabe que há uma luz no fim do túnel, e eu sei e tenho certeza que o amor vencerá toda a dor”.

Roberto também contou que a vista direita foi afetada, e ele não está enxergando, mas ele acredita que assim como o câncer, ele conseguirá ter a visão recuperada. O cantor teve duas cataratas após as 10 radioterapias que ele precisou fazer. O tumor, quando cresceu, descolou a retina.

Ana Maria Braga lembra da luta contra o câncer

Após o tratamento

Roberto Leal contou para Geraldo Luís como ele está agora, após dois anos se tratando contra a doença.

“Eu estou melhor do que nunca. Este tratamento hoje, eu estou com os meus órgãos, chamados órgãos nobres que inclui, coração, fígado, esôfago, estômago, rins, não há mais nada [do câncer]. O máximo que pode acontecer é eu ficar de 30 a 40% com a visão”, contou o cantor.

Veja: 

Geraldo Luis e Roberto Leal / Instagram

Veja também: 

Lutando contra o câncer, ator perde os cabelos e desabafa



6 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here