Gabeu – Reprodução/Instagram

Engana-se quem acha que o universo sertanejo também não irá receber novas diversidades no estilo. Claro, ainda que demore, as mudanças já vêm acontecendo, e para garantir o seu espaço, Gabeu, filho do ícone sertanejo Solimões, da dupla com Rionegro, nas últimas semanas lançou o seu primeiro trabalho como cantor, intitulado de ‘Amor Rural’.

Ele, gay assumido, produziu o material em parceria do namorado, conforme você leitor já deve ter acompanhado aqui no seu Área VIP. Aos 21 anos, o sertanejo lançou a moda “pocnejo”, e em entrevista ao site G1, o artista explicou sobre o conceito da canção. “É o sertanejo, bebe das mesmas fontes. Mas as questões são outras: ele fala da vivência de um garoto gay”, revelou. Solimões, que é um pai coruja assumido, aprovou a nova empreitada do herdeiro, e foi comemorado por Gabeu.

“Ele se espantou com a ousadia, mas elogiou, disse que a letra era muito bem pensada, inteligente. E me deu dicas na hora de gravar”, conta. O cantor ainda confessa que, ainda que venha se lançar só agora, já atuava como compositor desde os 12 anos, porém com músicas voltadas para o inglês, voltada ao pop internacional: “Durante muito tempo, neguei o sertanejo por não me enxergar nesse meio, nas questões abordadas nas músicas, que eram muito distantes do que eu vivo e sou”, enfatiza.

Gabeu ainda diz que, convivendo com grandes artistas do gênero, visto que é filho de um nome que é tido como um dos ícones do estilo musical, explica que a homofobia não é a mesma, ainda que o preconceito não desapareça. “Por causa do meu pai, o meu tratamento é diferente do de outros gays. As coisas são mais disfarçadas. Entendo o privilégio que tenho, mas isso não quer dizer que eu não percebo [a homofobia]”, dispara.

+ Antonia Fontenelle abre o jogo sobre possível romance com o sertanejo Eduardo Costa

+ Esposa de cantor sertanejo morto em acidente trágico lamenta sobre perda: “A dor é grande”

Comparando o ‘pocnejo’ com o ‘feminejo’ – liderado por nomes como Marília Mendonça, Maiara e Maraísa, Simone e Simaria, e dentre outras -, o rapaz não esconde o desejo do seu reconhecimento ser o mesmo, e revela uma grande inspiração. “Observo muito a carreira da Pabllo Vittar. Depois que ela estourou, muitas outras drag queens começaram a cantar, se sentiram encorajadas. Espero causar algo nesse sentido”, diz.

Sucesso na web

Gabeu e Solimões – Reprodução/Instagram

Gabeu, filho do cantor sertanejo Solimões, da dupla com Rionegro, está tentando seguir os mesmos passos do pai, e e na última semana lançou seu primeiro trabalho como cantor. E desde a data do seu lançamento, nesta última sexta-feira (24), a música já totaliza quase 50 mil visualizações no clipe oficial, em sua conta do YouTube.

Com uma pegada country e bem nostálgica, Gabeu utilizou suas redes sociais, e em seu perfil oficial do Instagram, onde soma mais de 10 mil seguidores, prestou agradecimentos aos seus admiradores por terem contribuído no aumento contínuo ao número de visualizações. Confira a declaração!

Veja também:

Cantor sertanejo chora perda importante contra o câncer e lamenta: “Um dia estaremos juntos”



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here