No Carnaval do ano passado, a cantora Lexa comoveu milhões de foliões ao ter anunciado que foi vítima de um golpe momentos antes de ter subido no trio elétrico no comando de um bloco de rua na Grande São Paulo.

+ Lexa celebra conquista como apresentadora e revela expectativas

Na época, ela revelou que descobriu ter sido roubada e que o empresário responsável pelo trio-elétrico alugado por ela desapareceu sem deixar explicações e não teria veiculo para fazer o circuito. Quase um ano depois, nesta sexta-feira (17), a funkeira carioca recorreu na conta do Instagram, e por meio da ferramenta Stories, relembrou o episódio traumático.

+ Lexa faz desabafo sobre rotina intensa: “Tá babado”

“Estou vendo uma galera criando bloco meu no Rio, não vai ter. É em São Paulo. Estamos confirmando a data e vai dar tudo certo (risos). Vocês tão rindo, mas eu tenho pânico! Estou fazendo tudo dentro das mais altas normas para não ter nenhuma dor de cabeça, eu que estou falando com o dono do trio”, disse a funkeira.

+ Lexa faz alerta sobre golpe que utiliza seu nome; entenda

Hoje superada após o momento sem explicação e que foi decepcionante, a intérprete de hits como ‘Sapequinha’, ‘Provocar, ‘Chama Ela’ e ‘Combatchy’ confessou que precisou se submeter a realização de sessões de terapia para cuidar da sua saúde mental. “Estou acompanhando todos os e-mails da Prefeitura, porque estou com pânico de qualquer coisa dar errado. Minha equipe está de frente. Esse assunto… Eu me lembro e me dá calafrios. Sofri muito nesse dia. Tive que fazer tratamento, várias sessões no psicólogos. Mexeu tanto com o meu psicológico esse negócio do trio, que agora eu consigo falar com mais tranquilidade. No dia, eu não conseguia completar uma frase sem chorar”, disse.

Veja também:

Mc Guimê parabeniza a esposa, Lexa, por mais uma conquista



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here