Christina Rocha – Reprodução/Internet

Com altos e baixos, Christina Rocha conseguiu se consolidar no SBT, e está em repleto clima de comemoração na emissora. O motivo? Ela está há cerca de dez anos no comando do ‘Casos de Família’. Durante participação no ‘The Noite’ desta segunda-feira (20), a apresentadora fez revelações sobre acontecimentos marcantes durante todo esse período, de barracos a manter o profissionalismo diante de situações revoltantes.

Novamente, ela fez questão de enfatizar que a atração vespertina não é armada. “Não tem como fazer tipo. Você tem que ser o que você é mesmo. É uma experiência incrível. Não é nada combinado… É um programa difícil de fazer, não falem mal da minha equipe”, defende Christina, que em comemoração ao Dia das Mães emocionou ao publicar foto rara com os filhos.

A apresentadora, inclusive, revelou ao apresentador Danilo Gentili como é feito o processo de escolha dos participantes e o valor do cachê do programa. “São pessoas muito necessitadas, de comunidades muito pobres. Eles ganham o cachê de R$ 120 pelo dia perdido de trabalho. As pessoas que já foram ao programa viram contato na comunidade”, destaca. Sempre alvo de críticas pela mídia e sem papas na língua, Christina não poupou críticas e disparou à respeito: “Se eu dependesse de críticos, desses b*stinhas escrotos que acham que são os donos de tudo, eu estava ferrada. Como dependo do público, quero que eles se ferrem”, diz.

+ Casos de Família comemora 10 anos sob o comando de Christina Rocha

+ Christina Rocha posta foto rara com os filhos e emociona com texto para a mãe

+ Com click antigo, Christina Rocha mostra filho bebê: “1ª maior emoção da minha vida”

Já com os telespectadores, ela, que foi premiada pelo Troféu Área VIP de 2018 na categoria de ‘Melhor Programa Vespertino’, não desperdiçou elogios: “Eles me param só na brincadeira. No posto de gasolina dizem: ‘Christina, esse aqui trai a mulher’. Nunca alguém me parou para falar que estava passando por um problema mesmo”, conta.

Desde que substituiu Regina Volpato, hoje apresentadora do ‘Mulheres’, da TV Gazeta, na apresentação do programa, em 2009, a loira fez uma avaliação na forma dinâmica da atração, desde que assumiu o comando, até os dias de hoje. “Queriam uma pessoa que interagisse mais com a plateia, não só ouvir a pessoa falar. O [‘Casos de Família’] de antes tinha o mesmo nome, mas era outro programa“, observa.

Esquecida! Christina Rocha desabafa sobre Troféu Imprensa: “Eu merecia ser indicada”

Christina Rocha - Reprodução/Instagram
Christina Rocha – Reprodução/Instagram

Destaque nas tardes da TV, mesmo com indas e vindas, Christina Rocha provou que consegue prender o público, e nesta semana comemora seus dez anos à frente do ‘Casos de Família’. O programa, no ar desde 2004, está desde 2009 sob o comando da loira, que nunca chegou a ser ao menos indicada em uma categoria pelo Troféu Imprensa, a premiação mais importante do mundo da televisão, e que já entrou em sua 60ª edição.

Ainda que seja responsável por desbancar a Record na audiência no seu horário de exibição, a apresentadora revela, em entrevista concedida ao site UOL, que não entende o motivo da possível rejeição: “Não sei o que acontece. Só acho estranho uma pessoa que está há dez anos no ar nem sequer ser indicada. Tem coisas que eu realmente não sei. Eu mereceria pelo menos ser indicada. Tem gente que ganha como melhor apresentadora e nem no ar está”, lamenta. Confira!

Veja também:

Casos de Família com Christina Rocha recebe Prêmio Área VIP



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here