Izabella Camargo/Instagram
Izabella Camargo/Instagram

A jornalista Izabella Camargo reapareceu nesta quarta-feira (12) pela TV Gazeta, no programa ‘Você Bonita’, com Carol Minhoto. No programa, a jornalista falou sobre os problemas médicos que a fizeram entrar licença, antes de voltar para a Rede Globo e ser demitida. Izabella apresentava o ‘Hora 1’ ao lado de Monalisa Perrone e foi diagnosticada com síndrome de Burnout, relatando que trabalhar na madrugada só piorou o quadro.

Fiz muitas terapias alternativas, psicólogas, cuidando de dentro e de fora. Muita respiração e meditação. Além de tomar café, energético, procurei um endocrinologista e comecei a tomar remédio para me dar mais energia. Não me orgulho disso porque foi a pior coisa que eu fiz. Eu ultrapassei o meu limite para dar conta do que eu não tinha controle. Extrapolei o meu limite“, relatou.

Comecei a ter crises de choro, crises nervosas. [Pensou] ‘Ué, mas eu faço meditação todo dia, pilates, RPG, uso floral… Por que estou tendo taquicardia?“, contou Izabella, lembrando os sintomas e que os médicos afirmaram que a falta de sono era muito prejudicial pra ela.

Não começa de um dia para o outro. A corda arrebenta quando você passa do limite. O meu corpo começou a acumular um déficit que era provocado pela falta de sono“, falou ela ao relembrar que no último mês na antiga emissora acordava a 1h da manhã pela pressão que colocava sobre si mesma para fazer o melhor como jornalista nos mais de seis anos trabalhando na madrugada.

Izabella falou, ainda, sobre tratamentos estéticos e a cobrança de estar na TV. “Sou uma mulher normal, que tem quadril, bumbum, culote, celulite… Eu me cuido para entrar na casa das pessoas, mas nada em exagero“, contou.

A jornalista relembrou o tempo em que fazia o programa ‘Fantasia’, no SBT, aos 16 anos e como descobriu, com a ajuda de Arnaldo Saccomanini, em uma gravação de CD que seria boa a carreira de jornalista. “Peguntaram, quem sabe cantar? Colocaram o microfone e eu fui com a cara e com a coragem. Ele [Arnaldo Saccomani] disse, por que você não procura o Jornalismo? Você tem uma voz que transmite credibilidade”, disse.

Demissão

Izabella Camargo foi demitida no dia 5 de novembro deste ano depois de tirar licença médica causada pelo estresse profissional. A jornalista apresentava na Rede Globo a previsão do tempo dos jornais matutinos ‘Hora 1’ e ‘Bom dia Brasil’. Ela entrava nos estúdios da emissora às 3h da madrugada, fazia quatro entradas durante o primeiro programa e ficava até 20 minutos dando as informações de meteorologia, além de informar o tempo no segundo programa.

Na ocasião, Izabella deu uma entrevista ao site Exame, dizendo o choque da demissão e que não entendeu o que acontece, como se tivesse sido descartada por ficar doente. Antes de tirar a licença, a jornalista sofreu um apagão ao vivo enquanto falava com o apresentador José Roberto Burnier, âncora do ‘Em Ponto’, em agosto.

Veja também:

Demissão de Izabella Camargo beneficia repórter de Curitiba na Globo

Colaborou: Luan Santos



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here