Luana Piovani
Luana Piovani / Instagram

Luana Piovani abriu o coração no programa ‘Fofocalizando’, do SBT. Em entrevista exibida nesta segunda-feira (12), a atriz falou abertamente, para o jornalista Leo Dias, sobre o seu ex-namorado, Dado Dolabella, com quem teve um relacionamento bem conturbado.

Durante a entrevista Luana foi questionada sobre não ter ido a público na época em que foi agredida fisicamente por ele, e ela respondeu que não julgou necessário expor a situação.

Acho que não [precisava ir a público], porque não tinha o que afalar. Eu já havia assumido que eu tinha sido agredida. Eu só preciso que todos saibam que eu sou uma mulher, sou uma cidadã, fui agredida por esse individuo e para que todas as pessoas que se relacionem com ele saibam que tipo de caráter ele tem. Claro que as pessoas evolem, mas é um traço de caráter”, explicou ela.

A atriz também contou que foi alvo de acusações, e que não recebeu apoio da sociedade e que apesar de já ter perdoado Dado pelo o ocorrido, ela sente pena dele.

Essa história de mexeu com uma mexeu com todas é a maior mentira, me espezinharam. Depois de ser agredida, eu fui acusada de ser agressora”, disse ela, negando ter agredido a assistente de produção na época que trabalhava na rede Globo.

Piovani também revelou que o ex nunca a procurou para pedir perdão pelo ocorrido, mas que ela não deseja que ele faça isso. “Ele não precisa me pedir perdão. Eu só queria que fosse feito a justiça, para que a as sociedade entenda que isso é inadmissível, que isso não é tolerável”, disse.

Luana Piovani ganha processo

Em decisão tomada pela 1ª Vara Cível de Pinheiros, em São Paulo, a atriz Luana Piovani ganhou uma ação na Justiça contra a TV Bandeirantes e os ex-integrantes do programa “Pânico”, que fez parte da grade da emissora de 2012 a 2017, Rodrigo Scarpa (Vesgo), Alan Rapp (ex-diretor), Marcelo Picón (Bolinha, ex-produtor) e Emílio Surita (apresentador). Os integrantes do programa e a emissora foram condenados a pagar uma indenização no valor de R$ 300 mil a atriz, por danos morais, mas ainda cabe recurso sobre a indenização. Veja o caso!

Desabafo

Quando os primeiros nomes para o elenco da novela ‘O Sétimo Guardião‘ foram divulgados, o da atriz Luana Piovani estava entre os cotados para ter um papel no enredo que substitui ‘Segundo Sol’ na faixa das 21h na Globo.

Contudo a atriz acabou sendo desconvidada da novela e ficará de fora da trama. Em entrevista ao site Notícias da TV, Luana mostrou que não guardou mágoas e comemorou a nova fase da carreira como apresentadora do canal fechado E!, ela inclusive, está de mudança para Portugal, onde ficará bem mais fácil para trabalhar.

Sobre ‘O Sétimo Guardião’ ela explicou: “Aos 42 anos, e depois de muita análise, eu encaro a vida de uma maneira mais simplista e generosa. Eu tenho muita fé em Deus e na engrenagem da vida como um todo. Quando a gente faz um movimento, a engrenagem gira e ela tende a se manter nessa inércia. Eu acredito que se tiraram a novela do meu destino é porque tinha alguma coisa para eu fazer, e eu não sabia o que era”. Veja o desabafo na íntegra! 

Leia também: 

Luana Piovani denuncia conta falsa no Twitter



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here