Lulu Santos e Clebson Teixeira /Reprodução Instagram

O cantor Lulu Santos foi o convidado especial da apresentadora ‘Tatá Werneck’, no Lady Night, do Multishow, desta última segunda-feira (22). No bate-papo, ele abriu o jogo sobre o relacionamento com Clebson Teixeira e homofobia.

Lulu Santos conta como foi tornar a relação pública: “Ainda que eu tenha tido relações anteriormente que se tornaram públicas, dessa vez não foi uma coisa programada nem nada, a gente fez ao sabor de gostar tanto um do outro. A primeira vez que ele passou um final estendido no Rio de Janeiro, na hora que foi embora postou a foto do helicóptero, eu repostei e as pessoas juntaram as coisas”.

Ele afirma que a decisão de tornar público o relacionamento não tem nada a ver com a militância: “A gente fez uma homenagem um ao outro. Não é para normatizar, mas também tem esse efeito. Eu mesmo nunca tive oportunidade de falar e possivelmente não gostaria do que eu mesmo sofri de auto-opressão, de opressão da sociedade e do ambiente”.

Sobre homofobia, ele prefere nem tocar no assunto: “Francamente, falar em homofobia sequer passa pela minha cabeça. É uma coisa resolvida para mim há tanto tempo. Acho tão atrasado, tão retardado abrigar isso. Não é que eu ache que não exista, mas eu me comporto como se não existisse”.

Filhos?

O cantor Lulu Santos, que no ano passado surpreendeu a todos ao assumir o relacionamento com Clebson Teixeira, deu uma entrevista reveladora para o programa ‘TV Fama’, da RedeTV!.

No bate-papo, o cantor, que estava acompanhado do namorado, com quem se casou no civil em abril deste ano. Vale lembrar que Lulu Santos foi pedido em casamento por Clebson no meio de seu show em uma cena emocionante. Na conversa, o casal foi questionado sobre aumentar a família. Veja!

Veja também:

‘Me sinto mais que sortudo, um privilegiado’, declara Lulu Santos ao noivo



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here