Mariana Goldfarb / Instagram

Mariana Goldfarb, namorada do ator Cauã Reymond, passou por um momento de tensão nesta última segunda-feira (8). Ela estava na ponte aérea São Paulo – Rio de Janeiro, e foi surpreendida pela forte chuva que causou grandes estragos na cidade.

A modelo contou que ficou duas horas nas alturas, em um percurso que costura durar em média 45 minutos e disse que durante esse tempo refletiu bastante em sua vida. Ela também falou que ficou bastante assustada com o caos que se instalou no voo, já que as pessoas começaram a ficar impaciente, e classificou o acontecido como um pesadelo da pior espécie, já que o avião ficou totalmente desnorteado e parecendo que poderia cair a qualquer momento.

“Passei um pesadelo da pior espécie. Achei de verdade que fosse morrer, que o avião fosse cair. Tudo que fiquei pensando era na minha vida, no queria mudar e o que eu queria continuar fazendo”, desabafou.

“Nós estávamos lá dentro, não dá para fazer nada, você vê o desespero das pessoas, tudo tremendo, estava duas horas no ar sem pousar. Ao refletir pensei em como melhorar, ser uma pessoa melhor, o que devo continuar fazendo, ou não”, disse a modelo.

Para finalizar, ela mandou um recado para os fãs: “Vamos ser feliz, porque a vida é muito curta. Vamos ser legais com os outros, vamos fazer escolhas que a gente queria fazer, não pelos outros mais pela gente. Vamos seguir nosso propósito, porque a vida é uma só”, finalizou.

Mariana Goldfarb relembra transtorno alimentar

Mariana Goldfarb/Reprodução Globoplay
Mariana Goldfarb/Reprodução Globoplay

O programa “Encontro” contou com a presença de diversas personalidades, entre elas, a modelo Mariana Goldfarb, namorada de Cauã Reymond.

Durante o bate-papo característico da atração, a apresentadora Patrícia Poeta, que está substituindo Fátima Bernardes, questionou Mariana Goldfarb sobre o transtorno alimentar que passou recentemente.

Há um ano e meio me vi sendo atacada por esse padrão, por essa mídia, por pessoas,  que a gente tem que estar sempre com o corpo perfeito, a sobrancelha no lugar, a roupa mais bonita. A verdade é que não é isso e nunca é suficiente. Me vi numa corrida louca para chegar num modelo utópico, irreal, fui definhando, emagrecendo, entristecendo…”. Veja o desabafo completo!

Veja também: 



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here