João de Deus – Reprodução TV Globo

Depois de condenado ano passado pela primeira vez por crimes sexuais, João de Deus, de 78 anos,  recebeu mais  uma sentença  nesta segunda-feira (20). Ele foi condenado a mais de 40 anos de prisão pela juíza Rosângela Rodrigues, da comarca de Abadiância (GO).

Essa é a segunda condenação de João de Deus por crimes sexuais. Em dezembro de 2019, ele recebeu sentença de 19 anos e 4 meses de prisão por dois casos de estupro de vulnerável e duas violações por fraude.

João de Deus é condenado por crimes sexuais pela primeira vez

Segundo o site G1, o advogado de defesa do réu, Anderson Van Gualberto, disse que ainda não foi notificado sobre esta condenação, mas que assim que tiver acesso ao conteúdo da sentença, entrará com recurso nas instâncias cabíveis. Além dos crimes sexuais, João de Deus foi condenado ainda por posse ilegal de arma de fogo, pena de 4 anos em regime aberto, em novembro de 2019.

A juíza de Abadiância ainda tem 10 processos penais em seu gabinete. Os processos aguardam resposta de Judiciários de outros estados para voltar a andar. A magistrada explica que não há um prazo para decidir sobre esses processos porque foram enviadas cartas precatórias para o Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Rio de Janeiro e Pernambuco, por exemplo.

Sertanejo Victor Chaves é condenado por agredir mulher em 2017

João de Deus está preso no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, desde 16 de dezembro de 2018. As acusações contra ele vieram à tona dias antes, em 7 de dezembro daquele ano. Na ocasião, várias mulheres relataram no programa Conversa com Bial terem sofrido abusos sexuais dentro da Casa Dom Inácio de Loyola, onde ele fazia os atendimentos. Logo depois, o Ministério Público de Goiás montou uma força-tarefa para receber as denúncias.



2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here