Ator, autor, diretor e produtor Miguel Falabella – Reprodução: Instagram

Em meio a onda de cortes no setor interno da Globo, definitivamente não está sobrando para ninguém. Temendo pouco mais de 2 mil demissões até o final deste ano, a fusão das empresas do Grupo Globo estão causando o maior climão entre os funcionários das mais diversas áreas.

+ Crise na Globo esquenta após resposta dos atores a redução de salário

Visto isso, a Platinada está promovendo mudanças drásticas na política de ganhos dos contratados, o que não caiu bem entre grande maioria dos atores, além de apresentadores, como é o caso de Patrícia Poeta e Zeca Camargo, por exemplo. Miguel Falabella, inclusive, não ficou longe dos rumores, e a imprensa garantiu que o veterano estaria avaliando a possibilidade de pedir as contas com a emissora.

+ Miguel Falabella relembra quando quase apanhou em aeroporto no Rio de Janeiro

Em entrevista concedida ao programa ‘TV Fama’, da RedeTV!, na noite desta última segunda (18), o ator, diretor e produtor negou as polêmicas. “Eu nunca disse isso, nunca falei pra ninguém [que deixaria a Globo]”, disse, indignado. “As pessoas escrevem o que querem, e passa a ser verdade. Que bom que posso falar aqui sobre isso”, emendou.

+ Acordo sigiloso é exposto e impede retorno de Xuxa Meneghel à Globo

Vale lembrar que ele está dedicado ao seriado ‘Eu, Minha Vó e a Boi’, que vai estrear na plataforma de streaming GloboPlay, no ano que vem. Durante o 47º Festival de Gramado, realizado no mês de agosto, o artista revelou que se sente preso e que o contrato lhe impede de negociar projetos com outros veículos devido as restrições. “Acho que não quero renovar porque eu fico muito preso e quero liberdade. Se eles dizem não a um projeto meu, não tenho outra porta para bater”, declarou, na ocasião.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here