Robert Conrad / Foto: Reprodução

Notícia triste! Morreu neste último sábado (8), na Califórnia, nos Estados Unidos, o ator Robert Conrad.

Ele tinha 84 anos e ficou conhecido por sua atuação nas séries de televisão “Hawaiian Eye” e “The Wild, Wild West”, sucesso nos anos 1960. De acordo com o porta-voz da família, Jeff Ballard, a causa da morte foi devido a um quadro de insuficiência cardíaca.

Morre aos 42 anos, ex-atacante do Palmeiras

“Ele viveu uma vida maravilhosamente longa e, embora a família fique triste com a morte dele, ele viverá para sempre em seus corações”, afirmou Ballard.

O ator é descendente de alemães e nasceu em Konrad Robert Falkowski em 1º de março de 1935, em Chicago. Ele deixa oito filhos e 18 netos.

Carreira

Conrad já era um ator em ascensão quando foi escolhido para ser o protagonista de “Hawaiian Eye”, e se tornou uma estrela após a estreia do seriado em 1959. Após cinco temporadas da série, ele passou a abraçar a mania da televisão na época, os faroestes.

Depois, em 1965, ele estreou em “The Wild, Wild West”, ele era James T. West, um agente parecido com James Bond, que utilizava de técnicas inovadoras e aparelhos futuristas para combater vilões bizarros. A série ficou no ar até 1970.

Morre, aos 57 anos, locutor Asa Branca

Ele também fez sucesso estrelando “Young Dillinger”, onde interpretou Pretty Boy Floyd, em 1966 e também em outros papéis tanto na TV como em filmes. Conrad seguiu atuando em produções até “Dead Above Ground”, em 2002.

Vale dizer que nem só de papéis de sucesso viveu Robert Conrad, o ator também se viu envolvido em muitas polêmicas e processos judiciais.

Nesta última semana, vale lembrar, também morreu o ator e cineasta Kirk Douglas. Ele estava com 103 anos e sua morte foi anunciada pelo seu filho, ator, Michael Douglas. Através de uma sequência de fotos ele lamentou a perda.

“É com imensa tristeza que meus irmãos e eu anunciamos que Kirk Douglas nos deixou hoje aos 103 anos.  Para o mundo, ele era uma lenda, um ator da era de ouro dos filmes que viveu até os seus anos dourados, um humanitário cujo comprometimento com a justiça e as causas em que acreditava estabeleceu um padrão que serve de exemplo a todos nós”, diz um trecho da publicação.

Cantor sertanejo morre aos 29 anos, vítima de acidente de moto em Cuiabá



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here