Neymar Jr/Reprodução Instagram
O atacante do Paris Saint Germain, Neymar Jr/ Reprodução Instagram

A vida para o atacante do PSG, Neymar Jr não está nada fácil. O craque, que já está envolvido em uma verdadeira confusão após agredir um torcedor, no último sábado (27), se viu em mais uma polêmica. Desta vez, com a Receita Federal.

De acordo com informações do jornal Folha de São Paulo, Neymar Jr e a família, em ação da Receita, tiveram alguns de seus bens confiscados. Entre eles, estão um helicóptero  Eurocopter France 130 B4, parte do capital social de empresas e um avião Cessna Citation 680.

O bloqueio, segundo informações do jornal, é referente a ação do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), que cobra o pagamento de R$ 69 milhões em um processo de sonegação fiscal.

Em resposta, a defesa do atacante afirma que este é um procedimento normal e que os bens continuam pertencendo ao seu cliente. O bloqueio, de acordo com a Receita Federal, serve como uma garantia no débito, que já caiu quase 80% e está abaixo do valor mínimo para ser liberado.

Após agressão a torcedor, Neymar faz desabafo

Neymar / Reprodução Instagram

Neymar reagiu à provocação de um torcedor neste último sábado (27), após PSG perder o título da Copa da França para o Rennes, e desabafou sobre o ocorrido.

Através da sua conta oficial no Instagram, o craque brasileiro comentou a postagem do vídeo da agressão compartilhada por um internauta. Ele assumiu que estava errado.

Um torcedor amigo de um jogador do Rennes provocou todos os jogadores do time de Paris durante a passagem pela escada. Em um vídeo postado nas redes sociais ele chama Buffon, o goleiro do PSG, de “bouffon” (“bobo” em francês), Verratti de racista e diz para Neymar “aprender a jogar bola”. Veja a resposta que o atacante deu nas redes sociais!

Veja também:

Após agressão a torcedor, Neymar pode ser suspenso



20 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here