Pabllo Vittar desabafa após ser vítima de censura no YouTube  – Reprodução/YouTube

O sucesso definitivamente incomoda, e além do fato de ser uma artista representante da comunidade LGBTQI+, Pabllo Vittar sofre com entraves, como o motivo de ser boicotada em inúmeros veículos no Brasil. Após ter se envolvido numa grande polêmicas na rádios, desta vez, a cantora e drag queen está sendo vítima de censura no YouTube.

+ “Precisamos nos apoiar”, desabafa Pabllo Vittar sobre amizade no meio LGBT

A maior plataforma de vídeos do mundo bloqueou o hit ‘Parabéns’, parceria na qual emplacou com o baiano Psirico, e que está com premissa de se tornar um dos sucessos do Carnaval, permitindo a reprodução do mesmo apenas para maiores de 18 anos. Sem contar com nenhum conteúdo explícito, uso de palavrões ou conteúdos de teor sensual, a restrição de idade virou motivo para discussão nas redes sociais, incluindo a própria artista, que lamentou a situação por meio do seu perfil oficial do Twitter.

+ Pabllo Vittar fala sobre o desejo de ter filhos

Somando quase 50 milhões de visualizações no clipe oficial da música, um dos carro-chefes da primeira parte do seu terceiro álbum, ‘111’, Pabllo desabafou diante da problemática. “Não tem nada no clipe de parabéns que que não tenha na maioria dos outros clipes isso é tão injusto quer por restrições coloque em todos os outros então mas que saco!”, disparou a artista, que pediu, aos fãs: “Continuem assistindo o clipe no YouTube e nas plataformas, vittarlovers”.

+ Anitta surge cantando música de Pabllo Vittar e fãs comemoram reconciliação

Tal proporção do caso gerou uma repercussão negativa massiva na imprensa, além de que a decisão de censurar o trabalho havia surgido supostamente logo após um pedido do CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária), que teria alegado que no clipe de Pabllo há anúncio de uma bebida alcoólica.



3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here