Fábio Porchat e William Waack - Edu Ribeiro/Record TV
Fábio Porchat e William Waack – Edu Ribeiro/Record TV

Ontem (05), estreou na tela da Record TV a temporada 2018, do “Programa do Porchat“. A atração contou com a presença do ex-jornalista global, William Waack, que ano passado se envolveu em uma polêmica, onde supostamente ele fez um comentário racista e acabou sendo despedido da TV Globo.

Fábio Porchat, quis saber de Waack, sobre o impacto que o vazamento do seu comentário teve na vida dele. Waack então disse, que se arrepende sim de ter feito o comentário e que para ele, foi apenas uma “piada”. Ele também afirmou: “Eu aprendi a ter mais sensibilidade para alguns pontos e a ser mais humilde”.

Apesar das diversas críticas recebidas nas redes sociais, Waack disse que seguiu a sua vida de forma normal e que pessoalmente não sofreu nenhum tipo de constrangimento. “Me sinto livre de um peso, durante 48 anos fui empregado de alguém e agora serei dono do próprio nariz”, disse ele.

Sobre o vídeo que vazou, ele disse: “Eu não tenho o que falar, eu estava brincando com um amigo, eu sou terrivelmente piadista. Eu sempre botei apelidos nas pessoas e tirei sarro de tudo”.

O jornalista também fez um desabafo: “Eu nunca pensei naquilo, sempre fiz um monte de piadas. Agora tomando todas essas porradas, caracas o Brasil é um país que só tem gente certinha. Só tem cara certinho”.

“Aquilo era um ambiente privado, onde eu estava falando no ouvido de um amigo. Eu não acho que o vídeo em si tenha sido o grande problema, mas sim em decisões que ocorreram após ele”, continuou Waack.

Perguntado se havia conversado com os vazadores do vídeo, Waack respondeu: “Não, porque os caras que pegaram o vídeo e o divulgaram, sejam as pessoas importantes neste contexto”.



3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here