Xuxa Meneghel – Reprodução: Instagram

A apresentadora Xuxa Meneghel decidiu se manifestar, nesta quinta-feira (13), sobre um assunto que tomou conta da mídia, o caso do médium João de Deus.

Em seu Instagram, a loira compartilhou um vídeo falando sobre o assunto, e em certo momento ela pede desculpas a todas e se diz envergonhada por já ter divulgado documentário do médium.

Xuxa começa falando que se sentiu na obrigação de se manifestar: “Oi gente, eu to aqui para falar do seu João de Deus. Quero dizer pra vocês que eu conheci, eu fui lá fazer uma gravação, que não foi ao ar na Rede Globo, não foi a entrevista que eu fiz com ele, mas eu conheci e tive um carinho muito especial por ele, gostei daquela pessoa que eu conheci lá, infelizmente me enganei e me enganei feio. Então, eu to vindo aqui pra pedir desculpa a vocês porque eu já divulguei o documentário dele, falei que era uma pessoa legal e tudo e me sinto na obrigação de dizer a todos vocês que eu to até um pouco envergonhada com tudo isso”.

A apresentadora então finaliza: “Falando em vergonha, queria também que vocês entendessem que essas pessoas não falaram no passado, por vergonha, por medo, querendo esquecer tudo isso. Mas eu quero dizer pra todas vocês, mulheres, que passaram por isso que eu to com vocês, tá? Eu sinto muito, muito mesmo, muito de verdade, um beijo a todas vocês. E por favor, se tiverem mais mulheres denuncie, porque pessoas como essa e outras, tem que pagar por isso”, finalizou.

Confira o vídeo:

Em apenas 30 minutos de publicação mais de 55 mil visualizações e 32 mil curtidas, além de muitos comentários elogiando a eterna rainha dos baixinhos.

“Xuxa você me enche de orgulho !”, “Parabéns por vir a público, mulheres precisam da sua força!”, “Por isso sou sua fã até hj, verdade acima de tudo sempre!!”, foram alguns dos comentários.

Famosas se mobilizam nas redes sociais

O assunto do médium João de Deus realmente tomou conta da mídia. Muitas famosas estão usando o instagram para compartilhar um texto falando sobre o assunto, elas estão usando as hashtags #ChegaDeAbuso #NinguemSoltaAMãoDeNinguem #MexeuComUmaMexeuComTodas.

Confira o texto e em seguida algumas publicações:

“A maior quebra de silêncio da história. Até hoje, 330 mulheres se uniram para denunciar o mesmo homem. Por assédio, estupro, pedofilia, incesto praticados há décadas. Décadas em que cada uma delas silenciou, foi desacreditada ou ameaçada de morte. Estas 330 mulheres não são loucas, mentirosas, invejosas. Elas são vítimas. Vítimas de um homem poderoso que usa Deus como sobrenome. Elas são vítimas de séculos de silenciamento. Mas o tempo das mulheres chegou. Empoderadas por todas as denúncias que vieram antes, no Brasil e no mundo, elas decidiram se unir e falar. É hora de investigar e punir quem tiver que ser punido. É hora de justiça. Parabéns pela coragem de todas as mulheres envolvidas nesta histórica quebra de silêncio. Nós estamos com vocês.
#ChegaDeAbuso
#NinguemSoltaAMãoDeNinguem#MexeuComUmaMexeuComTodas
#XotaPower”

View this post on Instagram

A maior quebra de silêncio da história. Até hoje, 330 mulheres se uniram para denunciar o mesmo homem. Por assédio, estupro, pedofilia, incesto praticados há décadas. Décadas em que cada uma delas silenciou, foi desacreditada ou ameaçada de morte. Estas 330 mulheres não são loucas, mentirosas, invejosas. Elas são vítimas. Vítimas de um homem poderoso que usa Deus como sobrenome. Elas são vítimas de séculos de silenciamento. Mas o tempo das mulheres chegou. Empoderadas por todas as denúncias que vieram antes, no Brasil e no mundo, elas decidiram se unir e falar. É hora de investigar e punir quem tiver que ser punido. É hora de justiça. Parabéns pela coragem de todas as mulheres envolvidas nesta histórica quebra de silêncio. Nós estamos com vocês. #ChegaDeAbuso #NinguemSoltaAMãoDeNinguem #MexeuComUmaMexeuComTodas #XotaPower 📷 Daniel Marenco

A post shared by bruna linzmeyer (@brunalinzmeyer) on

View this post on Instagram

A maior quebra de silêncio da história. Até hoje, 330 mulheres se uniram para denunciar o mesmo homem. Por assédio, estupro, pedofilia, incesto praticados há décadas. Décadas em que cada uma delas silenciou, foi desacreditada ou ameaçada de morte. Estas 330 mulheres não são loucas, mentirosas, invejosas. Elas são vítimas. Vítimas de um homem poderoso que usa Deus como sobrenome. Elas são vítimas de séculos de silenciamento. Mas o tempo das mulheres chegou. Empoderadas por todas as denúncias que vieram antes, no Brasil e no mundo, elas decidiram se unir e falar. É hora de investigar e punir quem tiver que ser punido. É hora de justiça. Parabéns pela coragem de todas as mulheres envolvidas nesta histórica quebra de silêncio. Nós estamos com vocês. #ChegaDeAbuso #ninguemsoltaamãodeninguem #mexeucomumamexeucomtodas #xotapower 📷 Daniel Marenco

A post shared by Maria Casadevall (@mariacasadevall) on

View this post on Instagram

A maior quebra de silêncio da história. Até hoje, 330 mulheres se uniram para denunciar o mesmo homem. Por assédio, estupro, pedofilia, incesto praticados há décadas. Décadas em que cada uma delas silenciou, foi desacreditada ou ameaçada de morte. Estas 330 mulheres não são loucas, mentirosas, invejosas. Elas são vítimas. Vítimas de um homem poderoso que usa Deus como sobrenome. Elas são vítimas de séculos de silenciamento. Mas o tempo das mulheres chegou. Empoderadas por todas as denúncias que vieram antes, no Brasil e no mundo, elas decidiram se unir e falar. É hora de investigar e punir quem tiver que ser punido. É hora de justiça. Parabéns pela coragem de todas as mulheres envolvidas nesta histórica quebra de silêncio. Nós estamos com vocês. #ChegaDeAbuso #ninguemsoltaamãodeninguem #mexeucomumamexeucomtodas #xotapower 📷 Daniel Marenco

A post shared by Samara Felippo (@sfelippo) on

Confira também:



5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here