João e Zé Trovão tem uma conversa de homem para homem e os dois afirmam que vão lutar pelo amor de Ana. Depois João procura Daniel e proíbe o peão de voltar a falar mal dela. Daniel aproveita para colocá-lo contra Zé Trovão e se oferece para ajudá-lo a se livrar do rival. Começa a última etapa do rodeio da Chapada e os peões se preparam para a disputa. Ana pega um dos touros mais difíceis. Zé Trovão e Daniel reafirmam a aposta que fizeram e quem perder vai ter que desfilar vestido de Dolores Estrada. Zé Trovão tenta, em vão, convencer Mané Duro a desistir do rodeio, pois ele pegou o touro mais perigoso. Ubiratan vai ao rodeio para tentar descobrir para quem Maria Lua vai entregar a mala com as marionetes. Ana desafia Zé Trovão e diz que vai levar a melhor na competição. Eles fazem uma aposta e Zé Trovão pede um beijo como prêmio se conseguir vencer o rodeio. Ana aceita o desafio. Clarice, apaixonada, está convencida de que Bobi é o autor da carta de amor que recebeu e sofre uma grande desilusão quando ele diz que nunca poderá se apaixonar por ela, pois está em busca de um grande amor do passado. Vitória sobe no palanque e comunica que a partir de agora Ana Raio será a estrela de sua companhia. Desconfiada da concorrente, Dolores convida o público para assistir ao espetáculo da companhia de Vitória Imperial e deixa a trambiqueira em um beco sem saída. Clarice, arrasada, desabafa com Armando, sem imaginar que ele é o autor da carta de amor que recebeu, e pede a ajuda dele para conquistar o grande amor de sua vida. Antônia, a esposa de Mané Duro, conversa com Ana e a aconselha a se unir a alguém que tenha os mesmos sonhos e objetivos que ela, senão não conseguirá ser feliz. Daniel não vai bem na apresentação e deixa a arena furioso. Ubiratan flagra a falsa Maria Lua conversando com seu companheiro de rua e desconfia… Chega o momento de Mané Duro enfrentar um dos touros mais perigosos do rodeio e o peão decide arriscar a vida para realizar seu grande sonho de voltar a ser um dos maiores peões do país. Depois de domar a fera mais de oito segundos em cima do touro, Mané sofre um grave acidente. Apesar de mortalmente ferido, Mané fica feliz por ter conseguido ficar mais de oito segundos em cima do touro e, antes de morrer, pede a Zé Trovão que entre na arena e o supere.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here