O casamento do ano na cidade de Passaperto promete finalmente selar a união de Laura e Henrique. Enquanto acaba de se arrumar, a noiva conversa triste com a sua avó, Iraci. A jovem lembra de sua mãe, que está desaparecida, e revela sua esperança de que ela esteja no casamento. A avó retruca e aposta que o motivo do desânimo da neta é outro, pois tem certeza de que é de Miguel que ela realmente gosta. Embora seja apaixonada pelo afilhado do padre Inácio, ela se frustrou ao vê-lo acompanhado de uma mulher e duas crianças, concluindo que esta era a sua família.

Decepcionada, Laura coloca de lado o seu amor e confirma o casamento com o neto de Cândida. Antes de ingressar na igreja ao lado de seu pai, Laura recebe um misterioso presente de Lázaro: uma caixinha. O barqueiro revela que não entra em igrejas há anos e, como que em um prenúncio, diz que ela também não deveria entrar naquele dia.

Mesmo ardendo em febre, padre Inácio se mostra decidido a celebrar o casamento. No altar, ele sofre outros sintomas de sua malária, sente uma forte tontura e tem que ser amparado por Miguel. O jovem leva o padrinho para dentro da sacristia e, no mesmo momento, a porta da igreja se abre para a entrada de Laura. Mas, a noiva deixa de ser o centro das atenções quando todos os presentes vêem que quem está no altar é Miguel, que então se revela um padre e está disposto a celebrar o casamento.

Laura fica completamente perplexa com esta revelação e, finalmente, entende qual era o impedimento que os afastava. A noiva fica estática diante dos convidados e o burburinho toma conta da igreja quando, então, ela exclama que não pode mais se casar e sai correndo. Henrique e Chico vão atrás da noiva, que segue para o portinho e pede que Lázaro a leve para fora da cidade. Miguel, também assustado com a situação, segue à procura dela.

As cenas devem ser exibidas a partir do dia 18 de dezembro.






DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here