Nego do Borel quebra o silêncio sobre suposta agressão em Duda Reis

Nego do Borel, em entrevista, quebrou o silêncio sobre a suposta agressão que fez em Duda Reis, sua namorada.

Sertanejo Zé Felipe surge de sunga e ‘volume’ rouba a atenção

O cantor sertanejo Zé Felipe deixou alguns fãs de queixo caído ao surgir apenas de sunga; veja todos os detalhes e a foto que ele compartilhou.

Giovanna Ewbank fala sobre a reta final de sua gravidez

A atriz Giovanna Ewbank acabou comentando detalhes sobre a reta final de sua gravidez em vídeo compartilhado junto do maridão.

Sertanejo Leonardo revela grande paixão: “Demais”

O cantor sertanejo Leonardo, através de seu perfil oficial no Facebook, acabou revelando uma grande paixão sua.

Klebber Toledo revela inspiração em Leonardo DiCaprio

O ator Klebber Toledo revelou que buscou inspiração no grande trabalho de Leonardo DiCaprio para dar vida ao personagem Romeu, em 'Êta Mundo Bom'.

Pocah revela que era adepta de estilo musical inusitado antes de se...

A cantora Pocah abriu o coração para falar sobre um dos seus sonhos da carreira e acabou revelando uma situação inusitada.

Hoje no Brasil: Novo boletim da Covid-19, Ministro da Educação é multado por não usar máscara e Sara Winter é presa em Brasília

-

Exame da Covid-19, Ministro da Educação e Sara Winter – Montagem Área Vip

Em mais um boletim do Ministério da Saúde, o  Brasil registrou  20.647 novos casos de coronavírus, atingindo um total de 888.271 infecções, e mais 627 mortes em decorrência da Covid-19 nesta segunda-feira. Com os novos dados, o total de óbitos chega a  43.959 no país.

O País é o segundo no mundo com maior número tanto de casos quanto de óbitos por coronavírus, atrás apenas dos Estados Unidos, que nesta segunda-feira reportaram total de 2,08 milhões de infecções e mais de 115 mil mortes.

Prefeito de São Paulo Bruno Covas é diagnosticado com Coronavírus

De acordo com os dados, nove estados têm já ultrapassaram a marca de mil mortes cada. São Paulo, epicentro da doença no país, encabeça a lista com 10.767 óbitos. Segundo o governo do Estado de São Paulo, o aumento de mortes por Covid-19 no estado desacelerou nos primeiros 15 dias de junho em relação à última quinzena de maio. Entre 14 de maio e 1º de junho, a aceleração do crescimento de casos fatais foi de 77,68%, e entre 1º  e 14 de junho, foi de 39,48%.

Além de São Paulo, Rio de Janeiro (7.728), Ceará (4.309), Pará (4.201), Pernambuco (3.886), Amazonas (2.512), Maranhão (1.499), Bahia (1.145), Espírito Santo (1.086). Juntos, esses estados somam 37.133 mortes, ou seja, 84,4% de todas as mortes.

Abraham Weintraub – Instagram

Ministro da Educação é multado por não usar máscara em protesto e pode deixar o cargo

Depois de participar de um protesto sem máscara em Brasília, o ministro da Educação, Abraham Weintraub  recebeu uma multa no valor de  R$ 2 mil. O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, enviou notificação de multa nesta segunda-feira (15).

No texto, o governo do Distrito Federal alega que o ministro da Educação desrespeitou o decreto que determina o uso obrigatório da medida de proteção em vias públicas. O auto de infração foi recebido no gabinete do ministro, e  diz que o autuado foi flagrado em espaço ou logradouro público (Esplanada dos Ministérios) sem máscara de proteção facial de uso obrigatório em desacordo com o estabelecido Decreto 40.648/20”.

Hoje no Brasil: Ministério da Saúde divulga novos números da Covid-19 e Domingo teve novos protestos

O uso do item de proteção é obrigatório em áreas públicas da capital desde o dia 30 de abril. Quem for flagrado sem o acessório pode ser multado em até R$ 2 mil, além de responder pelo crime de infração de medida sanitária. A pena, neste caso, pode chegar a um ano de prisão.

Depois da polêmica, o Weintraub se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro no fim da tarde. Segundo a coluna de Lauro Jardim, no Jornal O Globo,  a reunião selou a saída do economista da pasta. Weintraub reconheceu que, depois da ida dele à manifestação de ontem, não havia mais clima político para permanecer no MEC.

Sara Winter – Instagram

A militante Sara Winter é presa pela Polícia Federal

A Polícia Federal prendeu nesta segunda-feira (15) a extremista Sara Fernanda Giromini, mais conhecida pelo pseudônimo Sara Winter.  Autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, a prisão é temporária e  vale por cinco dias, porém,  pode ser prorrogada por mais cinco.

Sara  é chefe do grupo 300 do Brasil, de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O grupo se define como militância organizada de direita e foi responsável por um acampamento, com cerca de 30 pessoas, montado na Esplanada no início de maio e desmobilizado no último fim de semana.

Hoje no Brasil: O país soma 42,7 mil mortes de Covid-19 e taxa de isolamento cai em São Paulo com flexibilização

O irmão da militante, Diego Giromini,  classifica a irmã como  “sociopata” e a considera uma “vergonha” e uma “barraqueira de alto nível”. “É uma vergonha tanto pra direita quanto pra esquerda”, disse nas redes sociais.

O inquérito que envolve a prisão de Sara investiga ainda o financiamento de manifestações antidemocráticas do grupo 300 pelo Brasil, algumas tendo contado com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro. Já foram efetuadas prisões de outros cinco membros. Há ainda investigações envolvendo a elaboração e disseminação de fake news e ataques e ameaças contra ministros do STF.

Núcia Ferreirahttps://www.areavip.com.br/
Jornalista carioca com passagens pelas revistas Conta Mais, TV Brasil e TV Novelas. No site Área VIP, além de redatora, é repórter especialista em Celebridades, TV e Novelas.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você por dentro!




site statistics