Justo e Balbina plantam flores amarelas em cima do túmulo. Balbina diz que sempre amou Justo. Sinhá Moça, Cândida e Rodolfo são empurrados para dentro da senzala. O Barão manda Bastião ser levado para o tronco. Ele quer saber quem levou o ouro. Cândida pede que Dimas não a chame nunca mais de Baronesa. Bastião resiste e não conta que foi Balbina que lhe revelou o segredo. Manoel gosta de saber que a máquina de beneficiamento está funcionando. Eduardo jura que jamais faltou o respeito com Ana e Manoel manda que ele fique longe dela. José Coutinho diz que Eduardo gosta de Ana. Ana confessa a Adelaide que não sente desejo por Ricardo. Fontes, Coutinho, Juliana, Everaldo, Frei José e Ricardo pedem ao Barão para soltar Dimas. O Barão manda-os embora e diz que todos que estão na senzala por serem suspeitos de terem levado o seu ouro. Eduardo e Ana se encontram na casa de José Coutinho. Sinhá Moça começa a sentir dores.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here