Nem mesmo o severo treinamento pelo qual passou quando serviu ao exército Francês foi suficiente para Vander deixar de escapar da eliminação do programa. “Estou muito decepcionado comigo mesmo. Não esperava ir até a final, e sim ficar entre os oito últimos, pelo menos”, lamenta o guarda-costas de 27 anos, que perdeu a chance de faturar os R$ 500 mil.

Após ter quase se afogado na Prova de Imunidade e ter sido desclassificado na Prova de Fogo, o paulista não foi páreo para Leo e Ashanti na terceira etapa (‘Sem Ar’). A prova eliminatória testou a coragem dos participantes para, literalmente, meter a cara e vencer a disputa. Os três tiveram de colocar a cabeça em caixas com ostras e vermes, e levá-los até uma balança. Vander conseguiu o menor peso e deu adeus ao Hipertensão.

Ele foi enfático ao dizer no que errou: “Cheguei no programa achando que ia ser brincadeira. Me senti um bam-bam-bam”, admite, completando que experiência foi uma lição: “Valeu pra eu saber me empenhar mais”. Embora não tenha recebido a imunidade, Vander se classificou e não teve de disputar as provas seguintes no programa de estreia.

Desde o início, o convívio com os colegas de disputa não foi um problema para o guarda-costas. “O convívio foi bem legal, fiz boas amizades”, afirma. Sobre romance, ele admite que há clima de paquera dentro do programa: “Os olhares são normais, sempre rolam. Mas sempre respeitando a pessoa que está aqui fora”.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here