sábado, 12 de junho de 2021

Últimas

Após ordem da Justiça, Globo volta a fazer demissão em massa em afiliada

-

Luís Gusttavo
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!

Comente

Veja também

- Continua após o Banner -

Globo Logo/Reprodução
Globo Logo/Reprodução

- Continua após o anúncio -

Tudo parecia ter ficado resolvido, e a TV Gazeta, afiliada da Globo em Alagoas, realizou uma nova demissão em massa ao longo desta última segunda-feira (26). Em torno de onze profissionais, incluindo nomes que foram readmitidos por ordem da Justiça após terem sido dispensados da greve.

+ Famoso ator perde processo contra a Globo na Justiça após escândalo em seriado

Nomes como o jornalista esportivo Klébs Lós, o produtor Derek Gustavo, os repórteres Warner Filho e Felipe Farias, e os cinegrafistas José Agatângelo e Nildo Lopez, além deles, outros como Adelaide Nogueira, Valdemir Soares, Daniel Zilliani, Roberta Cólen e Chiara Lima. Dos nomes citados, a maioria deles foram dispensados e recontratados após decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

- Continua após o anúncio -

As demissões ocorrem após a ordem decretada pela Justiça, que garantiu que a emissora não poderia dispensar ninguém até o dia 1º de agosto. Procurada, o Sindicato dos Jornalistas do Alagoas (Sindjornal) planeja estudar atitudes para reverter as decisões. Com informações do portal Observatório da Televisão.

Mudanças e afastamento

É polêmica! Nos últimos meses, uma greve tomou de conta da TV Gazeta, afiliada da Globo em Alagoas. O escândalo, inclusive, motivou o canal a demitir em torno de 15 jornalistas e apresentadores, mas, foi acusada de promover retaliações contra jornalistas que aderiram à greve, e foi obrigada a reintegrá-los pela Justiça.

- Continua após o anúncio -

De acordo com informações do jornalista Ricardo Feltrin, do portal UOL, a emissora acatou a decisão, mas passou a rebaixar os profissionais de cargo, com redução nos ganhos, benefícios e afins. O que se fala é que editores foram promovidos a produtores, enquanto apresentadores se tornaram editores, e produtores foram trocados de postos e remanejados para outros cargos. Saiba mais!

Os cortes

Os jornalistas realizaram uma grande greve no último dia 24 de junho, após negociação do sindicato com empresas de comunicação para reajuste salarial em Alagoas. As negociações desandaram, e diante dos rumos que tomou, motivou o manifesto de vários profissionais. Promovendo um verdadeiro caos nos bastidores das emissoras, após todo o movimento, foram demitidos cerca de pelo menos 15 jornalistas nesta última quinta-feira (4), após o retorno às atividades.

De acordo com informações do site UOL, os demitidos atuavam em canais filiais da Globo, como a TV Gazeta de Alagoas, TV Mar, canal de TV por assinatura, e o portal G1. Claro que, tudo tem um motivo, e as demissões aconteceram justamente em virtude do descumprimento à determinação do TRT (Tribunal de Justiça do Trabalho), que garantiu a estabilidade dos jornalistas que participaram da paralisação neste período. Veja detalhes!

Veja também:

Justiça decide sobre processo de acusação grave de policial contra Cesar Tralli e Globo

- Continua após o anúncio -

+ Novidade: Área VIP no Telegram – Clique Aqui e fique por dentro!

E tem muito mais para você: Baixe o app Área VIP – TV e Famosos ou siga o Área VIP no Google Notícias e receba as informações mais quentes do entretenimento com tudo o que acontece no mundo da TV e dos FamososClique Aqui!

Luís Gusttavo
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Últimas TV & Famosos