Globo Logo/Reprodução
Globo Logo/Reprodução

A coisa está feia na sede da TV Globo em Alagoas. Após demissões e rebaixamentos no cargo, jornalistas da casa tomaram uma atitude um tanto drástica: uma intervenção na emissora. As informações são do jornalista Ricardo Feltrim.

Com apoio dos sindicatos, o grupo de jornalistas enviou uma carta aberta à direção do jornalismo da TV Globo no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Em um trecho do documento, obtido pelo jornalista, os funcionários deram um ultimato: “Somente uma intervenção na diretoria administrativa e, sobretudo, de Jornalismo, são capazes de mudar os rumos dessa história que contamos hoje a você e, em seguida, ao público”.

Veja na íntegra:

“Avaliamos, a cada linha escrita, até onde poderíamos ir na organização das palavras, na narrativa dos fatos. Nos agarramos a certeza de que a vida é feita de experiências que se somam e que ao se depararem com a verdade, expandem o olhar. Dessa forma, passamos então a compreender a complexidade do mundo e do outro.

É por meio da palavra, matéria prima da profissão que escolhemos, o jornalismo, que narramos aqui aquilo que parece ser invisível, mas dói. É o que não se adivinha, mas pesa, como disse Orides Fontela. E para expandir o olhar e trazer alívio, todos os fatos abordados são acompanhados de documentos, fotos e vídeos que comprovam sua veracidade.

O objetivo é levar ao seu conhecimento na esperança de que, ao terminar a leitura, seja feita uma avaliação do cenário e uma intervenção direta da Globo em busca de melhorias. O jornalismo construído ao longo dos últimos 30 anos na TV Gazeta de Alagoas, afiliada da Rede Globo, onde trabalham e trabalharam os jornalistas que apresentam esta carta, não é mais visto na televisão.

A mudança não significa um avanço, mas é um reflexo da má gestão e do desrespeito a todos os profissionais. Tal situação coloca em risco a credibilidade da emissora e compromete a qualidade da informação que chega ao telespectador – nosso bem maior. 

É pelo compromisso que nós jornalistas assumimos com a sociedade, de transparência sobre todas essas coisas, que não podemos deixar que isso continue. Somente uma intervenção na diretoria administrativa e, sobretudo, de Jornalismo, são capazes de mudar os rumos dessa história que contamos hoje a você e em seguida ao público.

Assim sendo, esperamos profundamente que todas as coisas se resolvam o mais rápido possível, pelo bem do bom jornalismo e dos profissionais que dedicam e dedicaram parte da vida na sua construção. Atenciosamente, Maceió (AL), 29 de julho de 2019″.

Procurada, a emissora não respondeu até a publicação desta matéria.

Tensão

Ao que tudo indica, a crise está se agravando. Se nos últimos dias noticiamos que os apresentadores do ‘Fantástico‘ estão preocupados com uma possível redução no salário, não são só eles. De acordo com o colunista Ricardo Feltrim, alguns dos grandes nomes da TV Globo estão sendo consultados pela emissora para mudar o modelo contratual vigente, que resultaria na redução dos ganhos mensais.

Conforme Ricardo apurou, a TV Globo quer acabar com o contrato por pessoa jurídica, modelo que emprega a maioria dos grandes nomes da casa, e substituí-lo por CLT. O motivo?… Veja!

Veja também:

TV Globo está de olho nas redes sociais de suas estrelas; entenda
Apresentadores do ‘Fantástico’ poderão ter salários reduzidos drasticamente; entenda
Novo projeto da TV Globo vem tirando o sono de jornalistas; entenda



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here