Programa ‘Se Joga’, com Fabiana Karla – Divulgação TV Globo

O sinal vermelho está aceso nos bastidores do canal. O Programa ‘Se Joga‘, da TV Globo, que veio para revolucionar a faixa vespertina da televisão brasileira, não atendeu as expectativas. Baixos níveis de audiência e críticas de especialistas de televisão justificam a preocupação dos diretores da emissora carioca.

+ Fernanda Gentil fala sobre morte da tia e como se tornou ‘mãe’ do afilhado

Por conta disso, buscando uma melhora no Ibope, o programa ‘Se Joga’ sofreu grandes mudanças. As informações são da jornalista e colunista do jornal carioca ‘O Dia’, Fábia Oliveira.

Para quem não percebeu, os apresentadores estão recorrendo para a ‘boa e velha fofoquinha’, o que vem dando resultado. Nas últimas semanas, a audiência, ainda que pequeno, tem sofrido um aumento.

Fernanda Gentil presta homenagem a parceira: “Me sinto sortuda”

Os apresentadores, inclusive, estão ligando para amigos antenados no assunto de celebridades. Mas, devemos ainda deixar ligada a luz de atenção. No mesmo horário do programa da TV Globo, temos outras atrações que são especializadas em fofocas. Seria mais do mesmo, ou uma forma diferenciada de fuxicar que trará resultado? Isso só o tempo dirá.

Uma das apresentadoras, a Fernanda Gentil, em recente entrevista, abriu o coração para falar sobre sua vida pessoal. Vale lembrar que ela é muito discreta. A loira falou sobre uma mudança, também drástica, em seu dia a dia, após assumir a maternidade de seu afilhado:

Fernanda Gentil faz reflexão sobre os filhos ‘criarem asas’: “Necessário e doloroso”

“Na minha família sempre tiveram crianças, primos mais novos, e eu era a que ficava com eles. Desde nova eu queria isso para mim, me imaginava tendo essa responsabilidade”, começou. “Eu gostava da responsabilidade de criar um ser, era isso que me movia e eu pensava em ser mãe para isso. Eu sempre achei essa função muito nobre”



20 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here