Mc Carol / Reprodução: Instagram
Mc Carol / Reprodução: Instagram

Com certeza, a funkeira MC Carol alcançou um dos pontos mais altos na carreira de um cantor: se apresentar no Rock in Rio. Após se apresentar no grupo Heacy Baile, ao lado de Tati Quebra Barraco, podemos dizer que é só alegria para ela.

+ MC Carol lamenta morte de amigo assassinado: ‘Alguém para com essa guerra‘

No entanto, como toda a vida de uma pessoa batalhadora, o início não foi fácil. A trajetória de Mc Carol na música também dá o que falar, o que esta cantora passou, muita gente já teria desistido.

Em entrevista ao programa da plataforma de streaming TIDAL, o ‘For the cultura Brasil’, a funkeira relembrou os momentos difíceis que passou em sua vida, principalmente na adolescência, quando foi alvo de preconceito racial:

+ Em desabafo, MC Carol detona Leo Dias

“Senti o racismo muito forte na escola, até que cheguei um dia para o meu avô e falei que estava cansada de ser negra. Meu avô começou a conversar comigo sobre minha cor, meu cabelo, meu corpo… Me lembro como se fosse hoje. Ele me disse que não posso me importar com o ódio de ninguém”, relembrou.

A cantora também comentou como foi o início de sua carreira. Toda esta linda trajetória iniciou após sair vencedora de um concurso de dança onde morava. A partir daí, ela começou a escrever letras de funk: “Quando fui ver estava com um caderno com trinta funks”.

+ Jojo Todynho briga com MC através das redes sociais

Mc Carol, do mesmo jeito que é admirada, também coleciona algumas polêmicas, como a recente com seu ex-namorado: “Quebraram meu coração de pedra! O boy terminou comigo porque eu não posso assumir ele agora. Aí falou que vai ficar com uma mina da igreja dele que queira casar, queira coisa séria e que vai tentar me esquecer com ela. Printei tudo e mandei pra ela. Ah, ele não casa não, não casa mesmo! Eu faço um escândalo na igreja”!

Veja também:

MC Carol protagoniza barraco com o ex-namorado na web



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here