Betty Lago / Foto: Reprodução

Após quase quatro anos da morte da atriz Betty Lago, a disputada envolvendo a partilha dos seus bens está causando uma grande confusão.

Segundo o colunista Alessandro Lo-Bianco, do programa “A Tarde é Sua”, há uma briga na justiça entre os dois filhos da atriz Patrícia e Bernardo Lago. Além disso, Betty teria sido manipulada a assinar o testamento em seus últimos momentos de vida sob efeito dos fortes medicamentos que tomava, sem saber o que estava assinando.

A desconfiança de fraude começou após ela ter assinado um testamento onde deixava 80% do bens para o filho Bernardo.

Ainda de acordo com o programa, uma médica atestou no dia 12 de setembro de 2015, um dia antes da morte da atriz, que ela estava “gravemente debilitada, em estado de confusão mental”. Segundo relatos, a atriz “não abria mais os olhos” nem “conseguia completar palavras”, tendo “momentos de alucinação”.

Ainda há relatos de que um dos apartamentos que eram de Betty Lago foi à leilão após o acúmulo de IPTUs não pagos. Duas salas comerciais estariam seguindo o mesmo caminho.

Filho é dado como morto

A atriz Betty Lago faleceu em 2015 e a sua herança está causando uma grande disputa judicial entre seus filhos.

É que segundo informações do colunista Alessandro Lo-Bianco, do programa “A Tarde é Sua”, essa briga ganhou mais um capítulo. Isso porque o primogênito da atriz global, Bernardo Lago, foi descrito como “morto” no processo judicial. Ainda, de acordo com o jornalista, o consultório jurídico que atende Bernardo falou que houve um erro de digitação do tribunal na capa do processo. Saiba mais!

Veja também:



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here