Nadja Haddad – Instagram/Reprodução

A apresentadora do ‘Bake Off Brasil’, no SBT, Nadja Haddad abriu o coração ao revelar como superou o trauma do tiro. A famosa foi baleada em 2005, enquanto cobria uma reportagem, no Morro Dona Marta, no Rio de Janeiro, ela foi vítima de um tiroteiro entre o BOPE e os criminosos.

 + Angustiada, Nadja Haddad revela sofrimento dentro do SBT

Para superar o trauma, Nadja revelou que participa de um clube de tiro. Nas imagens, em um vídeo publicado em seu Instagram oficial, ela mostra a emoção em estar superando aquilo que tanto temia, e fez um desabafo aos fãs, explicando a situação na qual teve que passar.

 + Nadja Haddad não faz mais parte do “Programa do Ratinho”

“FUI BALEADA E VENCI O TRAUMA. VOU TE MOSTRAR COMO!!!

Há 14 anos fui alvejada e escolhi lutar pela minha sobrevivência. Deus permitiu! Superei toda a dor, mas não todos os traumas. Eu precisava encarar mais alguns ainda. Me colocar do outro lado, estar no controle da situação, permitir que o estampido do tiro me invadisse e eu precisava esbravejar, chorar! Nunca chorei pelo ocorrido, nem no momento em que fui atingida! Eu vivi isso… Senti no coração o que devia fazer e lancei pro Universo.”

E continuou: “Graças ao meu marido Danilo que me apoiou, ao [instrutor] e a atiradora e empresária Carol Geraldini que acolheram a minha fraqueza e juntos, a transformaram em força e coragem, eu venci e renasci. Hoje, sou membro da ASA, um clube de tiro esportivo, mas que considero o meu melhor centro de terapia intensiva e de alto impacto resolutivo. Nunca revelei isso a vocês, mas hoje, no meu reaniversario, compartilho essa conquista. Conheci um novo esporte, renasci e me libertei. Estou pronta para as maravilhas que o Universo e Deus preparam para mim.”

View this post on Instagram

Há 14 anos fui alvejada e escolhi lutar pela minha sobrevivência. Deus permitiu! Superei toda a dor, mas não todos os traumas. Eu precisava encarar mais alguns ainda. Me colocar do outro lado, estar no controle da situação, permitir que o estampido do tiro me invadisse e eu precisava esbravejar, chorar! Nunca chorei pelo ocorrido, nem no momento em que fui atingida! Eu vivi isso… Senti no coração o que devia fazer e lancei pro Universo. Graças ao meu marido Danilo @danilojoan que me apoiou, ao @instrutor_netto e a atiradora e empresária Carol Geraldini @donna.gun, que acolheram a minha fraqueza e juntos, a transformaram em força e coragem, eu venci e renasci. Hoje, sou membro da ASA, um clube de tiro esportivo, mas que considero o meu melhor centro de terapia intensiva e de alto impacto resolutivo. Nunca revelei isso a vocês, mas hoje, no meu reaniversario, compartilho essa conquista. Conheci um novo esporte, renasci e me libertei. Estou pronta para as maravilhas que o Universo e Deus preparam para mim. Fotografia @zepaulocardeal Edição @igorcgi

A post shared by 🌹NADJA HADDAD 🅾️+ (@nadjahaddad) on

Climão de apresentadora 

Que problemão, em! Voltamos no tempo: em 1998, a apresentadora Elianasurpreendeu a todos, ao deixar o SBT e ir em direção a Record. Nesta época, o próprio Silvio Santos aconselhou a loira a fazer essa migração para o canal de Edir Macedo, caso fosse da vontade dela.

Para substitui-la no programa infantil ‘Bom Dia & Cia’, o canal escalou a então apresentadora do programa ‘Fantasia’, Jaqueline Petkovic. Em uma entrevista para a apresentadora Daniela Albuquerque, no programa ‘Sensacional’, da RedeTV!, Jaqueline revelou que a troca não agradou a equipe do programa… Leia mais!

Veja também: 

Nadja Haddad conta para Ratinho milagre ocorrido em sua vida



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here