Carlinhos e Arthur – Reprodução: Instagram

O humorista Carlinhos Silva, ex-mendigo do programa Pânico, usou sua rede social para fazer um desabafo sobre a atual situação com o seu filho Arthur. Para quem não se lembra, Carlinhos enfrenta a justiça após a sua ex-mulher, Aline Hauck, cobrar os meses de atraso da pensão alimentícia.

+ Carlinhos Mendigo tem prisão decretada e está foragido – Saiba detalhes!

No longo desabafo em seu Instagram, Carlinhos falou sobre tudo que vem enfrentando e lamentou estar afastado de seu filho há sete anos. Além disso, ele culpou a justiça, juízes e sua ex-mulher, pelo afastamento de pai e filho.

“Meu processo está 6 anos na mesa de uma juíza de família no forum da Eng. C. Alvares, ZN para ser revisto e até agora nada.
Não vejo meu filho e não convivo decentemente desde o seu nascimento, por depender das juízas do caso. Uma juíza decide a visitação e a outra, a tão sonhada Pensão .
Lembro me dá primeira audiência marcada e foi com Dra Luciana. Meu filho tinha 1 ano e 9 meses e ate então, eu mal podia chegar perto”,
começou ele.

“Lembro-me que falei ferido em sua mesa e tenho certeza que ela vai se lembrar.
“ Ta me doendo demais isso Dra, eu quero apenas ver e conviver com meu filho, eu já sofri demais pra ter esse direito, me ajude apenas tentar ser o que meus pais nao conseguiram fazer por mim, assino o que for necessário .. e assim foi feito!”

“Eu disse a ela que iria desistir de ser pai se ela não me ajudasse. Ela me falou emocionada: “Não desiste Carlos, o seu filho não tem culpa de nada” Mesmo assim, não pode fazer nadinha além de aplicar a lei. 
Em abril desse ano sentei com a mãe do meu filho mais uma vez perante autoridades, pra tentarmos outro acordo, o 3º, já com dois assinados e sem sucesso. Ela não quis, ainda disse q ia me fuder e por na cadeia, e isso ela já fala desde quando meu filho nasceu. Resumindo. Não quis o básico para o menor.”

“Não tenho direito algum qto a meu filho, apenas deveres .
Quanto vocês acham q a justiça junto à mãe, colaboraram para essa separação e ausência de carinho e afeto paterno?
Quantas famílias muitos juízes já não contribuíram para que acabassem ou se destruíssem?
E eu só querendo dar um beijo e um abraço apertado em meu filho e dizer o quanto o amo e que está tudo bem!”

Em seguida, ele finalizou: “Repensei, me culpei varias vezes e percebi que eu não era o errado. Tentei me culpar de novo na esperança de me convencer e aceitar tudo, mas busquei em papéis e provas e também em minha boa lembrança e percebi que fiz tudo, tudo, o que me foi permitido. Só não me permitiram o mais importante e eu perdi: Os 7 anos de vida e descobrimentos do meu filho Arthur.
Graças á justiça brasileira , a mãe do meu filho, a Dr. Silvana, a outros juízes e promotores, muitas família estão sendo destruídas com falsos argumentos e fatos. 🇧🇷 In’Justiça de teorias!”

Confira na íntegra a publicação:

View this post on Instagram

Meu processo está 6 anos na mesa de uma juíza de família no forum da Eng. C. Alvares, ZN para ser revisto e até agora nada. Não vejo meu filho e não convivo decentemente desde o seu nascimento, por depender das juízas do caso. Uma juíza decide a visitação e a outra, a tão sonhada Pensão . Lembro me dá primeira audiência marcada e foi com Dra Luciana. Meu filho tinha 1 ano e 9 meses e ate então, eu mal podia chegar perto. . Lembro-me que falei ferido em sua mesa e tenho certeza que ela vai se lembrar. “ Ta me doendo demais isso Dra, eu quero apenas ver e conviver com meu filho, eu já sofri demais pra ter esse direito, me ajude apenas tentar ser o que meus pais nao conseguiram fazer por mim, assino o que for necessário .. e assim foi feito! . Eu disse a ela que iria desistir de ser pai se ela não me ajudasse. Ela me falou emocionada: “Não desiste Carlos, o seu filho não tem culpa de nada” Mesmo assim, não pode fazer nadinha além de aplicar a lei. Em abril deste ano sentei com a mãe do meu filho mais uma vez perante autoridades, pra tentarmos outro acordo, o 3º, já com dois assinados e sem sucesso. Ela não quis, ainda disse q ia me fuder e por na cadeia, e isso ela já fala desde quando meu filho nasceu. Resumindo. Não quis o básico para o menor. Não tenho direito algum qto a meu filho, apenas deveres . Quanto vocês acham q a justiça junto à mãe, colaboraram para essa separação e ausência de carinho e afeto paterno? Quantas famílias muitos juízes já não contribuíram para que acabassem ou se destruíssem? E eu só querendo dar um beijo e um abraço apertado em meu filho e dizer o quanto o amo e que está tudo bem! . Repensei, me culpei varias vezes e percebi que eu não era o errado. Tentei me culpar de novo na esperança de me convencer e aceitar tudo, mas busquei em papéis e provas e também em minha boa lembrança e percebi que fiz tudo, tudo, o que me foi permitido. Só não me permitiram o mais importante e eu perdi: Os 7 anos de vida e descobrimentos do meu filho Arthur. Graças á justiça brasileira , a mãe do meu filho, a Dr. Silvana, a outros juízes e promotores, muitas família estão sendo destruídas com falsos argumentos e fatos. 🇧🇷 In’Justiça de teorias!👊🏻👎🏻💥

A post shared by carlinhoshumor (@carlinhoshumor) on

Nos comentários, os seguidores do humorista deixaram muitas palavras de apoio a ele: “É mto complicado mesmo, eu sou mulher e digo, existem mulheres que vivem de pensão”, “força aí, uma pena ser assim”, “Isso não pode ser chamada de mãe!”, foram apenas alguns dos comentários.

Mendigo fala sobre disputa judicial que envolve o filho

Carlinhos / Reprodução: Instagram
Carlinhos / Reprodução: Instagram

Em entrevista ao programa ‘Câmera Record’,Carlinhos falou sobre a disputa judicial que envolve o filho, Arthur, fruto de seu relacionamento com a ex-assistente de palco Aline Hauck. Sobre o caso, Mendigo foi direto em dizer … Confira!

Confira também:



4 COMENTÁRIOS

  1. Sempre se ouviu falar que, de sentença de juiz, nunca se sabe o que vai dar. Com a era petista no poder, o enigma foi revelado.
    QUEM DÁ MAIS, LEVA A VANTAGEM!
    Que feio! Mais uma contra o pobre contribuinte.
    Bolsonaro e seus ministros, pra cima!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here