Antonella Barba – Reprodução

Uma notícia de prisão envolvendo uma ex-participante de reality show acabou por deixar todos surpresos. Isso porquê, a artista em questão foi condenada à prisão, nesta última quinta-feira (21), por envolvimento com posse e tráfico de drogas. Aos 32 anos, a cantora ficou conhecida após participação no ‘American Idol’.

+ Cantora quebra o silêncio após barraco com amante do marido, ex-jogador, durante festa

Norte-americana, Antonella Barba precisará cumprir a pena decretada de pouco mais de 3 anos e 9 anos em uma prisão federal por posse e tentativa de venda de cocaína, heroína e fentanil, um anestésico tido como pesado. O juiz que condenou Antonella ainda alegou que mesmo após sua liberdade, ela precisará permanecer sob supervisão da perícia por pouco mais de cinco anos, além da realização de testes sobre consumo de drogas regularmente.

+ Cantor sertanejo é encontrado morto dentro de carro incendiado

Participante do programa musical em meados de 2007, embora possua uma grande voz, a carreira da artista na indústria fonográfica não decolou da forma que ela esperava. Tal fracasso motivou a tomar uma medida radical na vida, abandonando a carreira, envolvendo-se com o uso de drogas. No ano passado, em 2018, a famosa foi detida e indiciada por posse e tentativa de tráfico de pelo menos cinco quilos de cocaína, um quilo de heroína e 400 gramas de fentanil.

+ Morre cantor e compositor sertanejo vítima de câncer no figado

Por falar em envolvimento com drogas, recentemente uma grande polêmica envolvendo a filha de um famoso ator global foi palco para grande burburinho. O motivo? De acordo com informações da jornalista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, a moça foi flagrada furante a festa MBR, em São Paulo, à procura do uso de seda para enrolar um cigarro, ou seja, em outras palavras: maconha.

Como se já não bastasse, a situação alarmante da mulher foi motivo para deixar muitos que estiveram por lá presentes, chocados. Não só pelo fato de que ela estava naquela situação, mas pelo fato de querer o uso da droga que ainda é ilícita no Brasil.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here