Bruno Gagliasso, Bruna Marquezine e Padre Fábio de Melo / Instagram

No início da tarde desta sexta-feira (25), uma barragem da mineradora Vale se rompeu, em Brumadinho, Minas Gerais, e espalhou rejeitos em diversas áreas da região.

Com o surgimento das notícias, muitos famosos se revoltaram com a tragédia e usaram suas redes sociais para lamentar o ocorrido e pedir ações da justiça e do governo.

“Mais uma tragédia em Minas. A história se repete. Que tristeza”, escreveu a apresentadora Patrícia Poeta.

“As nossas tragédias se repetem. As famílias de Brumadinho estão enfrentando o mesmo sofrimento que as de Mariana, há três anos. E os desdobramentos nós já sabemos de cor. Os conflitos serão os mesmos. Gente simples tentando reaver o que perdeu, enquanto empresas bilionárias criarão justificativas para a tragédia, procrastinando indenizações, eximindo-se do erro. A lama é de todos nós”, lamentou o Padre Fábio de Melo.

“Que tristeza o rompimento da barragem em Brumadinho. Meus sinceros sentimentos a todas as vítimas e seus familiares. Que Deus guie agora as equipes de resgate. Três anos depois do crime de Mariana, assistimos uma nova tragédia. A impunidade gera essa repetição”, disse Leandra Leal.

“Meus sentimentos à todos os afetados pela tragedia de Brumadinho. Alguém já disponibilizou ou deu ideia de alguma maneira pra ajudar?”, questionou Maísa Silva.

“Desgoverno. Brumadinho que tanto amo, coberto pela lama da Vale”, comentou a atriz Sophie Charlotte.

“Que horror, meu Deus! Não dá para acreditar que isso está acontecendo mais uma vez!”, lamentou Bruna Marquezine, que depois postou no feed do Instagram uma mensagem de crítica e mostrou o antes e depois de Brumadinho. Na postagem também tem informações pra ajudar as vítimas.

“Não é desastre ambiental. É negligência, é ganância, descaso, é cruel, é a certeza da impunidade. É crime”. Ela ainda compartilhou algumas fotos que mostra o antes e depois de Brumadinho e informações pra ajudar as vítimas.

Veja o post – Deslize:

O ator Bruno Gagliasso também fez um post falando sobre a tragédia em Brumadinho e ainda relatou outros casos de impunidade que aconteceram durante esta semana.

“Triste. Uma semana marcada pela morte. A morte do bom senso. Das oportunidades. De um jovem e talentoso ator. Da democracia, quando um parlamentar precisa fugir de seu país. E agora, um rastro de morte e destruição com o rompimento de outra barragem. Mais uma vez a lama tóxica que mata gente, plantações, florestas, rios… É amargo sentir esse gosto de “peraí, de novo?” quando vejo as notícias da tragédia de Brumadinho. Um nó na garganta por saber que três anos depois a história se repete. Um embrulho no estômago por saber que ninguém foi punido. E por imaginar que o descaso pode se repetir. É triste ver que novamente a ganância e a irresponsabilidade foram maiores que a mãe Terra. Que semana pesada, meus amigos. Que semana….”, criticou o ator.

Confira o vídeo:

View this post on Instagram

Triste. Uma semana marcada pela morte. A morte do bom senso. Das oportunidades. De um jovem e talentoso ator. Da democracia, quando um parlamentar precisa fugir de seu país. E agora, um rastro de morte e destruição com o rompimento de outra barragem. Mais uma vez a lama tóxica que mata gente, plantações, florestas, rios… É amargo sentir esse gosto de “peraí, de novo?” quando vejo as notícias da tragédia de Brumadinho. Um nó na garganta por saber que três anos depois a história se repete. Um embrulho no estômago por saber que ninguém foi punido. E por imaginar que o descaso pode se repetir. É triste ver que novamente a ganância e a irresponsabilidade foram maiores que a mãe Terra. Que semana pesada, meus amigos. Que semana….🙏🏿

A post shared by Bruno Gagliasso 🐺⚡️💣 (@brunogagliasso) on

“De mudança eu entendo”, diz Thammy Miranda sobre assumir cargo no governo

Entenda o caso: 

Uma barragem da mineradora Vale se rompeu nesta sexta-feira (25), em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com o portal G1, rompimento ocorreu no início da tarde de hoje, na Mina Feijão. A Vale informou sobre o acidente à Secretaria do Estado de Meio-Ambiente às 13h37. Os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco.

O Corpo de Bombeiros confirmou por volta das 17h que havia aproximadamente 200 pessoas desaparecidas.
A empresa diz que havia empregados no local e que há possibilidade de vítimas. Segundo os Bombeiros, um refeitório da empresa foi atingido. Ainda não há informação sobre a causa do rompimento.

Famosos lamentam incêndio do Museu Nacional no Rio de Janeiro

Nota da Vale

Veja a íntegra do texto:

“A Vale informa que, no início desta tarde, ocorreu o rompimento da Barragem 1 da Mina Feijão, em Brumadinho (MG). A companhia lamenta profundamente o acidente e está empenhando todos os esforços no socorro e apoio aos atingidos.

Havia empregados na área administrativa, que foi atingida pelos rejeitos, indicando a possibilidade, ainda não confirmada, de vítimas. Parte da comunidade da Vila Ferteco também foi atingida.

O resgate e os atendimentos aos feridos estão sendo realizados no local pelo Corpo de Bombeiros e pela Defesa Civil. Ainda não há confirmação sobre a causa do acidente.
A prioridade máxima da empresa, neste momento, é apoiar nos resgates para ajudar a preservar e proteger a vida de empregados, próprios e terceiros, e das comunidades locais.

A Vale continuará fornecendo informações assim que confirmadas.”

Veja: 

Barragem se rompe em Brumadinho – Foto: Reprodução G1

Veja também: 

“A noite mais longa da vida”, diz Regina Casé ao relembrar tragédia com o marido



4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here