Fernanda Torres e Fernanda Montenegro – Reprodução

A situação realmente estar realmente séria no qual o Brasil se encontra, e Fernanda Torres, envolvida nas gravações da nova temporada de ‘Filhos da Pátria’, fez uma análise curiosa ao comparar o período de 1930 para os dias atuais. Em entrevista ao portal UOL, ela adianta sobre o rumo do seriado e da sua personagem, Maria Teresa.

“A gente deu um pulo no Brasil, onde tudo continua igual. Quem era escrava, vira empregada doméstica, quem era corrupto, continua corrupto. O dono do dinheiro continua dono do dinheiro. A gente vai para a década de 30, quando o exército do Getúlio atravessa o país e ele amarrou o cavalo no obelisco”, diz. Nascida em meados de 1965, ela conta que viu sua mãe, a consagrada atriz Fernanda Montenegro, ser ameaçada de morte durante o período da Ditadura Militar, e assim como no seriado, a artista faz uma breve análise sobre a situação em ambos os períodos.

“A gente está vivendo uma era meio apocalíptica no mundo, não tem muito futuro, então não vejo futuro em que isso tudo vai estar resolvido. Nasci na ditadura, vivi a redemocratização, em muitos sentidos vivo numa sociedade mais aberta do que vivi quando era criança. A crise econômica toda do Sarney que vivi, o fechamento do Brasil para o mundo, isso tudo melhorou, é um país mais incluído no mundo”, analisa. Ela prosseguiu com sua análise, destacando que a violência constante é vítima de uma sociedade desigual.

“A gente nunca consegue resolver, a violência aumentando por causa da desigualdade, a educação que nunca é resolvida, isso tudo não vejo no futuro próximo nenhum horizonte. A gente não tem saneamento básico em mais da metade do Brasil”, lamenta. ela, que acredita que os temas abordados na nova leva de episódios do seriado, causarão polêmicas principalmente sobre o governo do atual presidente, Jair Bolsonaro. “Nós elegemos esse presidente, isso ele tem razão. Muitas forças querem aquilo por alguma razão”, emenda.

Jornalista da Globo surpreende e faz revelações inéditas sobre seu passado

Revelações inéditas! Algum dia, todos nós teremos uma história de vida para contar, seja para nossos herdeiros ou qualquer outra pessoa. A admiração é algo que conquistamos com o tempo, de forma natural, e esse jornalista tem uma história incrível para contar.

Ele contou ao portal Notícias da TV que não conseguiu passar em um teste de locução na época, sendo obrigado a procurar outros caminhos. Porém, em 1972, o jogo virou e o comunicador virou apresentador do ‘Jornal Nacional’. Saiba mais!

Afiliadas da Globo e Record vivem pé de guerra em Minas Gerais

Se na Grande São Paulo a situação da Globo é só de conforto, em Minas Gerais, o desempenho do canal sobre a concorrência é agoniante. Isso porquê, a emissora carioca têm disputado os ponteiros diariamente com a afiliada da Record, e em Belo Horizonte, as emissoras trocaram farpas por meio de anúncios publicitários nos últimos dias.

O sucesso expressivo da RecordTV Minas causou pânico na Globo Minas, que têm se visto obrigada a realizar mudanças drásticas na programação. Nesta última quarta-feira (7), por exemplo, a Globo divulgou uma peça publicitária onde afirma ser a única emissora crescente na audiência no mês de julho entre todos os canais, alegando que alcançou 97% dos domicílios no estado. Confira!

Veja também:



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here