Milton Neves e Mauro Naves – Reprodução: Instagram

O apresentador da Band, Milton Neves resolveu quebrar o silêncio e soltar o verbo contra a TV Globo no caso envolvendo a demissão do repórter Mauro Naves, que foi consumada há poucos meses.

+ Mauro Naves fala pela primeira vez sobre sua saída da Rede Globo

Milton Neves, em entrevista ao Portal UOL, não escondeu sua indignação com o ocorrido: “Claro que não vou me meter na vida da Rede Globo, mas eles foram cruéis. As emissoras podem demitir, é normal. O Mauro, apesar de excelente repórter, poderia ser demitido. Mas botar o cara no paredão, no Jornal Nacional, que é o grande canhão do Brasil? Estriparam o cara”.

+ Mauro Naves fala sobre saída da TV Globo: “No começo sofri bastante”

O jornalista prosseguiu e contou a reação de Mauro com a demissão: “Ele tem muito controle emocional, mas ele me falou que ficou muito mal. O povo não vai ver direitinho o que está acontecendo, a impressão que dava era que ele era o maior assassino da história. Achei cruel aquilo. A Globo tinha o direito de mandar embora, mas não de execrar o cara”.

Milton prosseguiu disparando contra a emissora e revela o motivo de não trabalhar por lá: “Não trabalhei lá porque nunca me chamaram. Se tivessem chamado seria uma honra. Agora, o sistema de pagamento da Globo não me interessa. Eles pagam 97% em fama e 3% em dinheiro. Tô fora”.

Demissão de Mauro Naves da Globo causa revolta em famoso narrador: “Desumano e humilhante”

O jornalista, por sua vez, também acredita que foi injustiçado no caso. Em conversa com o TV Fama, ele deu mais detalhes:  “Eu não tenho feito julgamento sobre isso. Tive bastante tempo para analisar, no começo sofri muito, evidente. Mas eu não tenho julgado, mas acho que não precisava ter acontecido da forma que aconteceu, mas foi uma interpretação da TV, eles têm o direito de interpretar do jeito que interpretara. Acho que não errei”.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here