Gugu Liberato/Instagram
Gugu Liberato/Instagram

A morte do apresentador Gugu Liberato ganhou mais informações, após o médico neurocirurgião Guilherme Lepski detalhar o caso do artista em uma entrevista ao Jornal Nacional da Rede Globo.

Zezé Di Camargo homenageia Gugu e lembra participação no ‘Viva a Noite’: “Nos impulsionou ao sucesso”

O apresentador faleceu aos 60 anos após sofrer um acidente doméstico em sua mansão localizada em Orlando, nos Estados Unidos. Gugu Liberato subiu até o sótão de sua residência para reparar algo que estava errado no ar-condicionado e o piso do local cedeu.

A queda do artista foi de uma altura de quatro metros e antes de chegar ao chão ele bateu a cabeça em um móvel localizado na sala da mansão.

Confira as fotos da mansão do apresentador Gugu, em Orlando

De acordo com informações do neuro, Gugu chegou respirando ao hospital Orlando Medical Health Center. De acordo com ele, havia uma “alguma atividade respiratória” e, consequentemente, atividade encefálica.

“Acontece que o quadro foi se deteriorando rapidamente, e as provas subsequentes detectaram isso”, revelou ele. Vale pontuar que esse neurocirurgião saiu do Brasil após ser chamado pela família de Gugu.

+ Família chama médico brasileiro para atender Gugu

O corpo de Gugu será velado e enterrado no Brasil, e já tem previsão para chegar em São Paulo. Neste sábado (23), segundo a assessoria de imprensa do apresentador, o corpo deverá chegar ao Brasil na próxima quinta-feira (28). O velório será aberto ao público que tanto o prestigiou.

“A probabilidade maior é de que o corpo chegue entre quarta e quinta, sendo mais provável na quinta”, informou a assessoria.

A família de Gugu recebeu um covite da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) para que a despedida seja feita em um salão dentro do prédio, e estão analisando.

+ Corpo de Gugu Liberato já tem data prevista para chegar ao Brasil



5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here