Jakson Follmann – Reprodução

A tragédia do acidente aéreo do Chapecoense, que aconteceu há pouco mais de quase três anos atrás, em 2016, em meio a um momento de tamanho desespero diante de tantas perdas, trouxe poucos sobreviventes, como foi o caso de Jakson Follmann. Em meio a uma trajetória de superação, o ex-goleiro está integrando no time de participantes da nova temporada do ‘Popstar’, reality musical da Globo.

+ Ex-jogador Denílson desabafa sobre briga na justiça com o cantor Belo: “Ele tem que me pagar”

Em entrevista concedida ao portal UOL, por exemplo, ele, que teve a perna direita amputada e precisou passar por diversas cirurgias, não esconde os planos de se profissionalizar na carreira de cantor. “Quem sabe, né? A gente não pode falar que não. Agora, o foco é me divertir e divertir as pessoas que estão em casa. Acredito que vou poder passar uma mensagem legal”, revela.

+ Ex-jogador Vampeta pode ser preso; saiba mais

“Tive um problema na cervical, fiz uma operação pela frente [aponta para a garganta], acabei ficando uns 40 dias sem falar, e isso me preocupou bastante no hospital. Me esforcei para voltar a falar e, agora, faço fono para poder cantar”, explica Follmann, que derrete-se sobre tamanha ajuda que a música lhe traz diariamente em meio ao trauma. “Essa cirurgia que fiz pela frente, quando perdi a voz, sofri muito, porque amo cantar. Na minha cabeça eu ficava: ‘Poxa, será que não vou poder voltar a cantar?’. A música me traz paz“, explica.

+Ex-jogador Cafu é investigado pela polícia por suposta ligação com facção criminosa

Embora tenha sido um dos poucos sobreviventes em meio a tragédia que matou 71 pessoas, entre jogadores e outros profissionais, Jakson explica o momento da fase de reconstrução, e enfatiza: “Estou me reconstruindo. Não posso fugir disso, tive mais de 13 fraturas pelo corpo. É um mundo novo, prazeroso, em que estou me redescobrindo. Sempre tive uma fé muito grande, sempre fui uma pessoa para a frente. Minha família é assim, meus amigos também. Sempre busquei força neles por tudo o que aconteceu”, conta.

+ Cantora que viveu affair com Neymar revela medo após romance com o jogador

Fã de carteirinha de cantores sertanejos e de pagode, ele entrega que está preparado para qualquer tipo de crítica, afinal, será julgado diante de seu desempenho no programa. “Estou preparado para as críticas. Não foge muito do que fiz a minha carreira toda como atleta. A gente sabe que nenhum candidato vive da música ou é cantor profissional. Vou procurar me doar ao máximo, e as críticas vão vir. Vou levar mais para o lado construtivo“, adianta.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here