Sertanejo Bruno se pronuncia sobre constranger Flávia Viana em live: “Eu não...

O cantor resolveu se pronunciar e pedir desculpas a Flavia Vianna, a qual ele constrangeu na sua última live.

Ainda casado, Arthur Aguiar teria investido em ex bailarina

O ator teria tentado ter um relacionamento com a ex bailarina do Faustão, diz colunista.

Morre Martha Rocha, primeira Miss Brasil

A primeira Miss Brasil, Martha Rocha faleceu após ter complicações de insuficiência respiratória, sua morte foi confirmada por um de seus três filhos.

Malvino Salvador surge ao lado da família e barriguinha de grávida da...

O ator compartilhou com seguidores um momento feliz da família reunida, e chamou a atenção a barriguinha de grávida da esposa.

Giovanna Lancellotti se pronuncia pela primeira vez sobre possível traição de Arthur...

A atriz resolveu se pronunciar sobre a traição do ator Arthur Aguiar.

Cesar Tralli encanta a web ao posar com a filha Manuella

O jornalista utilizou as redes sociais para compartilhar um click ao lado da filha Manuella.

Kaysar Dadour conta reação ao saber que interpretaria terrorista em ‘Carcereiros – O Filme’

-

Kaysar Dadour – Reprodução/Globo

Às vezes, reviver um passado deixado lá atrás, ainda mais se for traumatizante, é um verdadeiro dilema para alguns atores, no entanto, para o sírio Kaysar Dadour, isto não foi um empecilho durante as gravações do filme ‘Carcereiros’, onde interpretou um terrorista.

+ “Sonho de criança”, afirma Kaysar sobre carreira de ator

Em conversa com o portal Gshow, o ator conta que teve que relembrar o seu passado traumático. Vale lembrar que ele veio ao Brasil como refugiado de uma guerra que assolou o seu país. Kaysar Dadour conta que, não estranhou a realidade dos presídios por que vivera coisa semelhante:

“O passado me ensinou muito. Lembrei o que fizeram comigo, das pessoas que me olhavam com raiva, como gritavam, maltratavam, aí chamei aquilo de volta para mim. E só de pensar já ficava nervoso. Tentei imitar um pouco do que vivi. Foi uma busca ao passado”, disse ele.

+ Kaysar Dadour se apresenta na “Dança dos Famosos” do Domingão do Faustão e faz revelação

O ator afirma que não precisou estudar a realidade dos presídios: “O que passei foi pesado. Não precisei visitar presídio para entender o sofrimento, minha terra já bastou. Vi tanta coisa na Síria que ensina qualquer pessoa. Só no momento de filmar era meio pesado, depois passava porque já superei. Só fui e voltei no tempo”.

Quando se fala em pessoas vindas do oriente médio, é impossível não falar de esteriótipos. Kaysar, no entanto, entende que se for designado a fazer um papel de terrorista, não vê problema nenhum: “Quando falaram que o personagem era um terrorista, disse: ‘Não tem problema. É trabalho’. Foi um desafio e serviu para quebrar essa regra de, por ser árabe, não poder fazer um terrorista. Posso sim! Ator faz qualquer papel”.

Emocionado, Kaysar Dadour lamenta perda na web e desabafa: ‘Medo do futuro’

Também na entrevista, Kaysar Dadour falou sobre o que achou sobre o filme e relatou a ajuda de Rodrigo Lombardi, o protagonista: “Assisti ao filme. Está incrível. Só sinto que podia fazer melhor, mas fiquei muito feliz. Estou no cinema, gente! Meu Deus, o que é isso? Ele me ajudou muito. Diretor e toda equipe também. Quando você recebe o carinho das pessoas com quem trabalha é bonito. Rodrigo me tratou bem e foi muito importante para mim”, afirmou.

Victor Arioli
Jornalista diplomado com passagem pelo portal IG. No portal Área VIP é redator especialista em informações sobre o mundo das celebridades e da telinha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Você por dentro!




site statistics